Agendamento INSS – Dicas e como fazer

A aposentadoria é um direito do cidadão brasileiro e para dar entrada no processo deste benefício é muito importante que se faça um agendamento no INSS, para que o atendente forneça todas as informações e orientações que irão resultar no pagamento futuro para aqueles que contribuíram e se aposentaram devidamente.agendamento INSS aposentados

Embora muitas pessoas optem em se dirigir até uma agência do INSS ou mesmo utilizando o telefone 135 para agendar um horário de atendimento (de segunda a sábado), é possível solicitar o agendamento INSS pela internet.

Logo mais, será possível saber:

  • Quem tem direito a aposentadoria,
  • Como agendar a consulta INSS,
  • Como portar-se no dia marcado,
  • Qual é a documentação para o dia da consulta ou perícia,
  • Como a perícia funciona, como é e para que serve.

A Previdência Social é um seguro que tem como dever garantir a aposentadoria para ao contribuinte a partir do momento em que ele para de trabalhar.

Agendamento INSS – Como fazer?

É claro que, para ter direito a receber uma aposentadoria no futuro, deve-se pagar uma contribuição mensal durante um período determinado para o próprio INSS (Instituto Nacional do Seguro Social. É importante saber que o tempo de contribuição é variável a partir do tipo de aposentadoria – mas isso será comentado mais tarde.

O que precisa-se saber agora é como solicitar atendimento na Previdência Social para iniciar o processo de aposentadoria! É possível agendar, portanto, por meio deste passo a passo detalhado abaixo:

  1. Entre no site oficial da Previdência Social
  2. Logo nesta página inicial, você pode facilmente clicar em “Agendamento”, primeiro item da coluna “Serviços do INSS”, no lado esquerdo da tela,agendamento INSS serviços
  3. Você pode clicar em “Agendar”, botão que está em verde. As informações acima deste botão devem ser lidas, pois abordam o objetivo do agendamento online.agendamento INSS agendamento

Além disso, o site comenta que em algumas situações, é possível requerer benefícios sem a necessidade de agendamento. Um exemplo é a pensão por morte.

  1. Após aguardar a nova aba carregar, note que você precisa passar por algumas telas para finalizar o agendamento.

Na primeira tela, é a escolha do serviço – há uma listagem que pode ser acessada ou mesmo digitando o nome do serviço para visualizá-la. Logo, digite o código da figura presente e clique em “Avançar”.

agendamento INSS escolha seu serviço desejado

No próximo item, é importante digitar os seus dados. A seleção da unidade que prefere ter o atendimento é o passo seguinte, terminando com a confirmação do requerimento e o comprovante deste.

agendamento INSS preencha com seus dados

A vantagem de agendar pela internet é poupar tempo e permitir que as agências do INSS se programem para um melhor atendimento.

Diante da busca pela aprovação de aposentadoria, muitos esquecem que algumas dicas básicas de comportamento podem ser fundamentais para evitar quaisquer dificuldades. Veja quais são:

  • Se você sabe que tem direito, tenha paciência para providenciar toda a documentação necessária,
  • Leia a legislação previdenciária para verificar todos os requisitos e demais elementos que são necessários para sanar dúvidas e para garantir que nada irá indeferir o seu benefício requerido,
  • Observe todos os documentos solicitados e obrigatórios para preparar o requerimento do benefício de aposentadoria junto ao INSS,
  • Observe se o seu CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais) está atualizado – este será a fonte de emissão de todas as comunicações dos seus dados.

Uma última dica é caso seu requerimento de aposentaria seja indeferido: tome providências e não desista! Você pode recorrer diretamente ao INSS ou, após analisar pontos favoráveis e contras, fazer o pedido do benefício por meio judicial.

Documentação necessária: Tipos de aposentadoria

A documentação que precisa estar em suas mãos no dia da consulta ou perícia é diferente para cada tipo de aposentadoria. Antes, saiba quem pode solicitar o benefício da aposentadoria:

  • Empregados: dentro deste destacam-se os que prestam funções de servidores públicos, mas que não são concursados,
  • Empregados domésticos,
  • Trabalhadores avulsos,
  • Contribuintes individuais,
  • Segurados especiais,
  • Segurados facultativos.

Esses beneficiários precisam saber que existem sete tipos de aposentadoria, estes sendo classificados como:

  1. Por idade,
  2. Por idade da pessoa com deficiência,
  3. Por tempo de contribuição,
  4. Por tempo de contribuição da pessoa com deficiência,
  5. Por tempo de contribuição do professor,
  6. Por invalidez,
  7. Especial por tempo de contribuição.

Embora o foco não seja entrar em detalhes sobre o que cada tipo significa, deve-se analisar na tabela INSS 2017 abaixo quais são os documentos que precisam estar com você no dia de sua consulta ou perícia!

TIPO DE APOSENTADORIADOCUMENTAÇÃO EM COMUM PARA TODASDOCUMENTAÇÃO ESPECÍFICA
Por aposentadoria por idade- Documento de identificação com foto,
- Número do CPF,
- Carteira de trabalho,
- Carnês de contribuição e outros documentos (que provam o pagamento ao INSS).
Para segurado especial: precisa-se de documentos que comprovem a condição.
Por idade da pessoa com deficiência- Documento de identificação com foto,
- Número do CPF,
- Carteira de trabalho,
- Carnês de contribuição e outros documentos (que provam o pagamento ao INSS).
Documentos que comprovem a deficiência e a data do início desta condição.
Por tempo de contribuição- Documento de identificação com foto,
- Número do CPF,
- Carteira de trabalho,
- Carnês de contribuição e outros documentos (que provam o pagamento ao INSS).
Por tempo de contribuição da pessoa com deficiência- Documento de identificação com foto,
- Número do CPF,
- Carteira de trabalho,
- Carnês de contribuição e outros documentos (que provam o pagamento ao INSS).
Documentos que comprovem a deficiência e a data do início desta condição.
Por tempo de contribuição do professor - Documento de identificação com foto,
- Número do CPF,
- Carteira de trabalho,
- Carnês de contribuição e outros documentos (que provam o pagamento ao INSS).
Por invalidez (se torna um auxílio-doença, inicialmente)- Documento de identificação com foto,
- Número do CPF,
- Carteira de trabalho,
- Carnês de contribuição e outros documentos (que provam o pagamento ao INSS).
- Documentação médica que prove a causa do problema, o tratamento indicado e o período sugerido de afastamento,
- Declaração carimbada e assinada do empregador com a última data trabalhada (para empregados),
- Segurado especial: precisa-se de documentos que comprovem a condição.
Especial por tempo de contribuição- Documento de identificação com foto,
- Número do CPF,
- Carteira de trabalho,
- Carnês de contribuição e outros documentos (que provam o pagamento ao INSS).
Documentos que provem a exposição a agentes nocivos.

Perícia: O que é? Para que serve?

agendamento INSS invalidezRapidamente falando, a perícia do INSS é um passo essencial para solicitar o auxílio-doença da Previdência Social. Esta perícia tem como finalidade analisar e comprovar que o profissional está realmente impossibilitado de exercer suas funções no emprego atual.

A perícia é feita quando o contribuinte se vê na necessidade de afastar-se das atividades regulares de um emprego, sendo que as duas maiores razões são a invalidez ou doença.

Para tal, toda a documentação e exames devem ser apresentados para comprovar a enfermidade. O agendamento de perícias é realizado como o agendamento de consulta.