Bolsa Família 2018 – Guia Completo com Tudo que Você Precisa Saber

O Bolsa Família é um dos principais programas de inclusão social do Governo Federal, que busca garantir às famílias de baixa renda uma melhor qualidade de vida. Para 2018, o programa vem com uma grande novidade: o aumento do valor pago aos beneficiários.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, o Bolsa Família 2018 deve ter um reajuste acima da inflação de 2017. Por isso, espera-se um aumento de 2,7%, no mínimo.

cartao-bolsa-familia

Como funciona o Bolsa Família

Trata-se de um programa de renda direta, destinado às famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza. O Governo Federal concede um valor mensal ao beneficiário, montante que deve ser utilizado para alimentação, moradia, acesso à educação e saúde.

Quem pode participar do Bolsa Família 2018

Podem participar somente famílias que tenham renda de até R$170 por pessoa, compostas por gestantes, crianças ou adolescentes, desde que tenham de 0 a 17 anos de idade.

Como se inscrever no Bolsa Família 2018

Cumpre todos os pré-requisitos do Bolsa Família? Então, é preciso fazer uma inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal para tentar acesso ao benefício. Para isso, procure postos da prefeitura na sua cidade que tenham atendimento destinado ao Bolsa Família. Aproveite também para fazer sua inscrição no programa.

É importante citar que somente a realização da inscrição não garante o recebimento do benefício. Os dados informados passarão por uma seleção, feita pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, processo que é realizado mensalmente.

Se a família for aprovada, o pagamento será efetuado todo mês, especificamente, de acordo com um calendário liberado pelo Governo Federal no início de cada ano.

Tipos de benefícios Bolsa Família

  • Básico: o auxílio é de R$85 por mês;
  • Variável: valor pago é de R$39 mensais, sendo que a família pode acumular até 5 benefícios, chegando a R$195;Bolsa-familia-2018
  • Variável Jovem: benefício de R$46 por mês, podendo acumular até dois benefícios e chegar a R$92;
  • Superação de Extrema Pobreza: valor variável determinado pelo programa.

É importante salientar que os valores apontados correspondem ao montante pago em 2017, sem os aumentos prometidos para o ano de 2018.

Calendário de recebimento do Bolsa Família 2018

O dia de pagamento do Bolsa Família é definido de acordo com o último número do NIS, que aparece no cartão do programa. Para verificar o calendário 2018 e saber exatamente a partir de qual data poderá sacar o benefício, confira no site oficial do Bolsa Família, http://www.caixa.gov.br/programas-sociais/bolsa-familia/Paginas/default.aspx, no menu Calendário.

Se preferir, também existe a possibilidade de verificar tal informação diretamente em uma das agências da Caixa Econômica Federal ou então fazer o download do aplicativo Bolsa Família em seu smartphone.

O App, que pode ser baixado gratuitamente em lojas de aplicativos, possibilita acompanhar detalhes sobre o pagamento do benefício, saldos e datas de disponibilização, tudo de forma descomplicada.

Como fazer para receber os valores do Bolsa Família

Receber o benefício do programa social é mais simples do que parece. Toda família aprovada recebe o cartão Bolsa Família e deve utilizá-lo para sacar o dinheiro em postos autorizados pelo Governo Federal.

Ao receber o cartão, o primeiro passo é cadastrar uma senha. Para isso, ligue no canal de atendimento Caixa ao Cidadão, no número 0800 726 02 07. Tenha consigo o cartão (que possui o NIS), CPF e carteira de identidade.

Finalizado o processo, compareça a uma lotérica, levando sua carteira de identidade, para concluir definitivamente o cadastramento da senha. Para tanto, peça auxílio a um atendente.

Depois disso, o cartão Bolsa Família e a senha podem ser utilizados para sacar o benefício em lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou nos caixas eletrônicos das agências da Caixa Econômica Federal.

Como sacar Bolsa Família sem cartão

Perdeu o cartão e ainda não está com a nova via? Sem problemas, é possível sacar o benefício mesmo assim. Neste caso, o processo é diferente: basta dirigir-se a uma agência da Caixa Econômica Federal, levando carteira de identidade em bom estado, e solicitar o saque.

As famílias já cadastradas continuarão recebendo?

Uma das maiores dúvidas de beneficiários é se eles continuarão recebendo o benefício em 2018. A resposta é sim, mas somente se sua família ainda encaixar-se nos pré-requisitos do programa.

De maneira geral, o Governo consegue acompanhar se os beneficiários ainda enquadram-se nesses quesitos. Em caso negativo, há o desligamento do programa.

Para verificar se sua família encaixa-se no caso de suspensão, dirija-se a um posto de atendimento do Bolsa Família ou faça esse acompanhamento pelo aplicativo para smartphone.