Cálculo INSS – Saiba aqui como calcular

A aposentadoria é entendida como um afastamento remunerado de um empregado que se encaixa nos requisitos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O INSS é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério da Previdência Social (MPS), tem como competência conceder e manter os benefícios e serviços da Previdência, assim como:

  • Arrecadar, fiscalizar e cobrar as contribuições sociais que incidem sobre as folhas de salários e outras receitas que estão ligadas a elas, e
  • Administrar os recursos do Fundo da Previdência e Assistência Social.cálculo INSS aposentado

O cálculo do valor da aposentadoria segue o que está previsto na legislação em vigor, que definirá o valor inicial do que o cidadão irá receber como benefício. Deve-se saber que todo o cálculo é feito pelas informações constantes no cadastro de cada pessoa, sendo que não há intervenções manuais. Todas as informações estão presentes no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Como é feito o cálculo INSS?

A forma de cálculo do pagamento da aposentadoria ocorre, para todos os benefícios da Previdência Social, pelo “salário de benefício”: primeiro cálculo realizado pelo sistema – para que posteriormente as outras regras sejam aplicadas para alcançar a chamada Renda Mensal Inicial (RMI).

O cálculo do salário líquido que será o pagamento da aposentadoria é feito pela média das contribuições realizadas a partir de julho de 1994 ou da data que o cidadão começou sua contribuição. Caso isso tenha ocorrido após julho de 1994, o cálculo se dá até o mês anterior daquele que será iniciado o pedido de pagamento.

A fórmula que é usada pela Previdência Social é descrita abaixo:

  1. Separam-se todas as contribuições encontradas no período que vai de julho de 1994 até o mês anterior daquele que será feito o pedido do benefício,
  2. As contribuições serão atualizadas conforme os índices presentes no artigo 175 do Decreto 3.048/99,
  3. As contribuições são contadas e separadas as de maior valor até o valor que corresponde a 80% do total encontrado,
  4. É feita a média aritmética simples, tornando-se o salário de benefício (citado anteriormente). Esta será a base para que se determine o valor da renda mensal inicial do benefício.

Por exemplo, um cidadão fez o pedido de aposentadoria e o sistema constatou que foram 246 meses decorridos desde julho de 1994. Assim, com a verificação do divisor mínimo utilizado:

  • Será 60% – que resultará em 148 meses (quantidade arredondada)

O sistema verificará a quantidade de meses há recolhimentos (tanto pela empresa como para pessoas autônomas, utilizando o Guia da Previdência Social – GPS), dentro do período decorrido para que se faça a média do valor.

Por exemplo, se o mesmo cidadão tem 246 meses com recolhimento, será calculado 80% do período contributivo, ou seja: 197. O sistema somará os 197 maiores salários encontrados e fará sua divisão sobre 197.

Observação: o sistema soma os 197, pois este é maior que divisor mínimo citado acima (148).

Calculando-se assim o salário de benefício, o sistema do INSS fará o último cálculo que determina o valor final que será pago ao cidadão. Para cada tipo de aposentadoria, deve-se seguir o texto vigente na Lei 8.213/1991.

Em 2015, a ex-presidente Dilma Rousseff sancionou as novas regras da aposentadoria, sendo a famosa fórmula 85/95 que diz que a soma entre a idade e o tempo de contribuição de um indivíduo deve alcançar 85 para mulheres e 95 para homens – com o detalhe: o fator previdenciário não se aplica neste cálculo.

Por exemplo, se um homem com 61 anos contribuiu por 34 anos com o INSS, ele terá direito a aposentadoria a partir de 2017.

Contudo, há em andamento a Reforma da Previdência, que visa alterações na questão de aposentadorias. Por isso, o ideal é calcular como será a tabela de contribuição mensal e qual seria sua folha de pagamento a partir da sanção.

Perguntas frequentes sobre o benefício INSS

cálculo INSS aposentado casalMuitos cidadãos brasileiros desconhecem grande parte do assunto da aposentadoria: este é um dos obstáculos existentes entre o beneficiário e o pleno aproveitamento desse direito que a legislação social brasileira garante.

Conheça agora os questionamentos mais frequentes feitos sobre a aposentadoria esclarecidos:

  1. Quem tem direito a aposentadoria?

Esta é a pergunta mais comum! Somente as pessoas que contribuíram para a Previdência Social e garantiram o cumprimento das condições exigidas nas modalidades poderão obter o benefício.

Por exemplo, em situações em que uma pessoa sempre trabalhou como dona de casa, sem nunca ter contribuído para o INSS, não tem direito a se aposentar.

  1. Como contribuir para o INSS?

Para empregados com carteira de trabalho assinada, este trabalho é de cada empresa, que possui obrigatoriedade desta ação.

Para autônomos e demais trabalhadores, é preciso utilizar o GPS, isto é, por meio de pagamento de carnê todos os meses!

Por exemplo: Uma pessoa que escolhe trabalhar como freelancer é responsável pelo pagamento de sua contribuição ao INSS.

  1. Que outros direitos se têm ao contribuir para a Previdência Social?

São eles:

  • Auxílio-acidente,
  • Auxílio-doença,
  • Auxílio-reclusão,
  • Salário-família,
  • Salário maternidade, e
  • Pensão por morte.

cálculo INSS cadeirante

  1. Posso receber menos que um salário mínimo como aposentadoria?

Não! O valor mínimo de aposentadoria é o próprio valor do salário mínimo vigente.

  1. Quais são os tipos de aposentadoria?

A Previdência Social disponibiliza sete tipos de aposentadoria. São eles:

  • Por idade,
  • Por idade da pessoa com deficiência,
  • Por tempo de contribuição,
  • Por tempo de contribuição da pessoa com deficiência,
  • Por tempo de contribuição do professor,
  • Por invalidez, e também
  • Especial por tempo de contribuição.

Embora tenham sete tipos, as mais populares são as por idade, invalidez, tempo de contribuição e aposentadoria especial.

  1. O que é fator previdenciário?

É um índice utilizado para calcular a aposentadoria, visando reduzir o valor do benefício de pessoas que se aposentam cedo. O fator previdenciário leva em conta a idade, o tempo de contribuição e a expectativa de sobrevida do segurado.

  1. Como solicitar a aposentadoria?

cálculo INSS celularO benefício pode ser obtido através de uma agência do INSS, com todos os documentos necessários em mãos e que podem ser consultados no site da Previdência Social.

Pode-se realizar o agendamento pela internet ou pelo número 135.

Recomendados para você: