Calendário FGTS Contas Inativas 2017: Veja Aqui Informações Completas

Será liberado no dia 13 de fevereiro de 2017 o calendário de saque das contas inativas do FGTS, destinado para trabalhadores que foram demitidos por justa causa ou pediram demissão, tendo assim, seu dinheiro bloqueado.

O dinheiro será liberado em março em lotes de acordo com a data de aniversário dos trabalhadores, a transferência é automática para quem possui conta na Caixa, pequenos valores podem ser sacados na Caixa Econômica Federal ou até mesmo em casas lotéricas.

Calendário FGTS Contas Inativas 2017

De acordo com o governo, são mais de R$ 43 bilhões parados nas contas, os cálculos são de que pelo menos R$ 34 bilhões serão sacados, o que poderá ajudar muitos brasileiros a quitar dívidas e também movimentar o comércio que está estagnado devido a crise econômica.

Eis as datas:


.
.
Nascidos em:Quando Pode Sacar:
Janeiroa partir de 10/03/17
Fevereiroa partir de 10/03/17
Marçoa partir de 10/04/17
Abrila partir de 10/04/17
Maioa partir de 10/04/17
Junhoa partir de 12/05/17
Julhoa partir de 12/05/17
Agostoa partir de 12/05/17
Setembroa partir de 16/06/17
Outubroa partir de 16/06/17
Novembroa partir de 16/06/17
Dezembroa partir de 14/07/17

São cerca de 30 milhões de brasileiros que estão fazendo planos para o que pode ser feito com a quantia de dinheiro extra.

Esse valor geralmente permanece congelado nas contas por pelo menos 3 anos, caso o trabalhador não consiga emprego com a carteira assinada, porém devido a atual situação econômica do país, esse prazo foi antecipado, incluindo trabalhadores que tenham pedido demissão ou tenham sido mandados embora por justa causa até o período de 31 de dezembro de 2015.

CALENDÁRIO-FGTS-INATIVO-2017

Os saques irão se iniciar em março com data prevista para término até o mês de julho. Os números apontam que:

PorgentagemValores
55%Até R$ 500 para saque
24%Entre R$ 500 até R$ 1500 para saque
21%Mais de R$ 1500 para saque

De acordo com informações, o Governo está preparando um site específico para que os trabalhadores possam verificar os dados, onde e como realizar o saque, tudo para que o procedimento seja feito de uma maneira organizada. Por isso, não é necessário que o trabalhador corra até as agências da Caixa Econômica, meios diretos para a consulta serão desenvolvidos e divulgados.

FGTS – Guia Completo


fgts-guia-completo

O FGTS é conhecido comumente também por Fundo de Investimento de Garantia por Tempo de Serviço, é um direito de todo trabalhador brasileiro que esteja trabalhando com carteira assinada, onde uma reserva de dinheiro é realizada todo mês para que em caso de demissão, doenças ou compra de casa, possa ser utilizado.

No final de todo mês é realizado o depósito de 8% em cima do valor total do salário mais benefícios do contratado em uma conta da Caixa Econômica Federal. É responsabilidade da empresa realizar esses depósitos mensalmente.

Para quem está no programa Jovem Aprendiz, o direito ao recebimento é referente a 2% do valor salarial. O dinheiro funciona como uma poupança, onde rende 3% de juros sobre o valor que está instaurado na conta em todo mês. Quando o funcionário completa um ano de empresa, é depositado o valor referente a um salário bruto mensal nesse Fundo de Garantia.

Para entender melhor: caso o trabalhador receba a quantia mensal de R$ 1 mil com todos os benefícios incluídos, será descontado o valor de R$ 80 reais, que é aplicado diretamente nessa conta existente da Caixa.

Porém, esse valor só pode ser sacado por quem foi mandado embora, sem justa causa. Caso contrário, o trabalhador perde muitos benefícios, caindo na situação das contas inativas.