CNH Social 2018 – Como conseguir a sua!

A CNH Social 2018 é um benefício do Governo Federal, estabelecido para proporcionar o acesso sem custo aos serviços de habilitação para conduzir veículos automotores. Ou seja, é uma forma de ter em mãos a Carteira Nacional de Habilitação de graça!

Instituído através da Lei Estadual nº 14.029, de junho de 2012 e regulamentado pelo Decreto Estadual nº 50.749, de outubro de 2013, o programa CNH Social oferece milhares de vagas que abrange vários estados do Brasil!

Saiba sobre:

  1. Quais serviços são oferecidos,
  2. Quem tem direito/requisitos,
  3. Isenções,
  4. Seleção dos candidatos,
  5. Processo da CNH Social 2018.

Confira tudo isso para ser o(a) próximo(a) motorista do país.

CNH Social 2018: Serviços e Requisitos

O programa CNH Social 2018 foi criado para contribuir na inserção dos jovens de baixa renda no mercado de trabalho, através da concessão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria “B”.

Mas é claro que você precisa ter alguns requisitos para ter a chance de se inscrever e concorrer a uma das vagas da CNH Social 2018. Veja quais são:

  • Ter 18 anos ou mais – exigência legal para habilitar-se;
  • Saber ler e escrever;
  • Ter renda familiar mensal de até três salários mínimos ou estar desempregado há mais de dois anos e ter renda inferior a dois salários mínimos.

Se você se encaixa nestes requisitos, você está dando o primeiro passo para tirar a CNH gratuita.

Além disso, vale informar que é permitida a participação de quem já tenha habilitação para categoria “A”.

Não pode participar:

  1. Quem estiver com serviço de habilitação já aberto em uma unidade do Departamento Estadual de Trânsito (Detran),
  2. Quem tenha cometido crimes na condução de veículo,
  3. Quem teve a CNH ou Permissão para Dirigir cassada ou suspensa.

Portanto, caso você estiver de acordo com tudo o que o programa CNH Social 2018 declara, você está apto(a) para os seguintes serviços, dependendo do que deseja e precisa:

  • Primeira Habilitação:

Se você não possui qualquer habilitação, você pode se inscrever para tirar a Permissão para Dirigir para a categoria “B”!

  • Adição de Categoria:

Caso você já tenha habilitação para carro (categoria “B”), você pode se habilitar para ter a habilitação para a condução de moto (categoria “A”), ou ainda vice-versa.

  • Mudança de categoria:

Existem motoristas que desejam se habilitar para dirigir veículos de transporte de carga (categoria “C”) ou ainda veículos de transporte de passageiros (categoria “D”). Com o projeto CNH Social 2018, isso também é possível.

Basta estar dentro dos critérios específicos para essas categorias e pronto!

CNH Social 2018: Isenção e Funcionamento do Processo

Para ser admitido(a) na CNH Social 2018, há a inscrição, seleção e homologação dos dados cadastrais.

O sistema do Detran do seu estado sorteia os beneficiários do programa dentre aqueles que preencheram as condições previstas (requisitos comentados anteriormente). Após, se você foi selecionado(a), você precisa se apresentar no Centro de Formação de Condutores (CFC) de sua preferência ou que já havia sido previamente determinado, com documentos em mãos para a abertura do processo de habilitação!

Como você faz parte do programa CNH Social, haverá gratuidade nos serviços. Ou seja, haverá isenção de todas as taxas e serviços do processo de habilitação – se você não sabe como funciona, veja quais são as etapas:

  1. Coleta das impressões digitais através do sistema biométrico de identificação;
  2. Exame médico e exame psicológico: servem para atestar se você possui condições físicas e psíquicas para dirigir;
  3. Curso teórico: se aprovado(a) nos exames médico e psicológico, você inicia o curso teórico, composto por 45 horas/aula;
  4. Prova teórica: aplicada para comprovar os conhecimentos adquiridos durante o curso teórico. É necessário acertar no mínimo 70% das questões para ser aprovado(a);
  5. Curso prático: as aulas práticas são a etapa seguinte – é o momento em que você irá estar atrás do volante e terá o acompanhamento de um instrutor prático capacitado. São 25 horas/aula, distribuídas em 20 horas/aula em veículo de aprendizagem (com 4 horas/aulas no período noturno) e 5 horas/aula obrigatórias em simulador de direção veicular (1 hora/aula com conteúdo noturno);
  6. Prova prática: é o temido momento em que você irá ser avaliado(a) por um examinador – caso cometa faltas eliminatórias ou que somem mais de três pontos negativos, você é reprovado(a). Logo, terá que tentar novamente. Caso seja aprovado(a), é só comemorar, pois você receberá sua Permissão Para Dirigir (PPD) e daqui um ano terá a CNH Definitiva!

A CNH Social 2018 irá custear todos os serviços de expedição do documento e as taxas dos cursos teórico e prático, além dos valores dos exames médico e psicológico e das provas teórica e prática, incluindo o valor de locação do veículo para a realização das aulas e no dia da prova.

Vale frisar que reprovações na prova teórica e na prova prática são normais. Nesse caso, é você que irá desembolsar para realizar uma nova prova, pois o programa CNH Social 2018 só cobre uma tentativa para cada aluno.

Recomendados para você: