Consulta SPC – Como fazer a consulta pela Internet? Para que Serve?

O Serviço de Proteção ao Crédito — SPC — é uma forma dos lojistas se protegerem contra indivíduos que não possuem crédito no mercado. Ou seja, é responsável por negativar as pessoas que estão inadimplentes com suas contas. Seja qual for o motivo da inadimplência, o lojista poderá recorrer ao SPC, informando o caso, e ainda ajudando outras lojas, pois também saberão que aquela pessoa está negativada.

Entenda melhor como funciona e saiba como consultar o SPC pela Internet com o seu CPF:

Como funciona o SPC

Consulta SPC - Como fazer a consulta pela Internet? Para que Serve?

Ao contrair uma dívida em um determinado estabelecimento e esse negativar o cliente, essa informação estará disponível para todos os outros lojistas. Isso pode prejudicar outras futuras compras, o que faz importante sempre estar de olho e consultar o seu CPF regularmente.

A consulta pode ser feita online, sem sair de casa. Há alguns estabelecimentos que verificam a situação do crédito, porém, nestes casos, é necessário pagar um valor, definido pelo local da consulta. Para os lojistas, há softwares que ajudam a consultar e a se proteger contra a inadimplência.

Para o consumidor, estar negativado significa não ter crédito na praça. Isso impedirá de fazer compras parceladas futuramente ou de conseguir um financiamento.

Para o lojista, essa é uma ótima ferramenta para evitar prejuízos com clientes inadimplentes.

Além do SPC, há também a Serara Experian e o SCPC, todos serviços de proteção ao crédito, com o intuito de diminuir a inadimplência dos lojistas. Dentre as três, o SPC é quem recebe o maior número de dados de pessoas inadimplentes. Porém, geralmente a base de dados de uma plataforma é repassada às outras.

Ao ser negativado, o cliente irá receber em casa uma carta informando os débitos em seu nome que, dentro de 10 dias, constarão na base de dados do SPC. Se você recebeu essa carta, deverá procurar quitar suas dívidas, para evitar problemas futuros.

Lembre-se: não comunicar o consumidor da negativação é crime! Isso resulta, até mesmo, em indenização para o cliente.

Quem está sujeito ao SPC?

Qualquer pessoa física que possua um CPF — Cadastro de Pessoa Física — está sujeita ao SPC. Para isso,basta deixar de pagar alguma conta ou dívida. Muitas empresas trabalham com prazos e juros, aumentando as chances de conseguir quitar a dívida sem a ajuda de instituições de proteção ao crédito. Porém, quando não há outra solução, o cliente é negativado pela loja.

Passo a passo para consultar o CPF pela Internet

Há algumas formas de consultar o CPF e saber se há dívida. A primeira delas é dirigindo-se aos locais de atendimento da Serasa, portando o CPF e o RG ou carteira profissional. Neste caso, não é necessário pagar para verificar se o seu nome está sujo, sendo necessário ir pessoalmente ou enviar um procurador.

Você poderá, também, enviar ao Serasa uma carta registrada (AR) com sua assinatura autenticada em cartório, mas esse é o método mais demorado.

A consulta poderá ser feita, também, pela Internet, sem precisar sair de casa. Para isso, basta acessar o site SPC Brasil. Em seguida, clique em “Loja Online”. São vários pacotes a partir de R$9,90.

Consulta SPC - Como fazer a consulta pela Internet? Para que Serve?

Ao comprar um, é possível monitorar o CPF por um determinado período de tempo. Escolha o pacote quer desejar e clique em “comprar”. Confirme o pedido clicando novamente em “comprar”, dessa forma o produto será adicionado em seu carrinho.

Consulta SPC - Como fazer a consulta pela Internet? Para que Serve?

Finalize o pedido criando o seu cadastro e efetuando o pagamento da sua consulta. Com o pagamento aprovado, você já poderá consultar o seu CPF pela Internet, pelo tempo que você contratou (o mínimo é R$ 9,90 por 30 dias).

Recebi uma carta do SPC, e agora?

Ao receber essa carta é necessário analisar alguns pontos antes de se preocupar. Se você já pagou a dívida, veja a data de expedição da carta, se for antes ao pagamento, desconsidere o aviso. Caso contrário, será necessário procurar seus direitos: tente resolver o problema diretamente na loja ou, então, procure um advogado.

Caso você ainda não tenha pago a dívida e o seu nome está prestes a ser negativado, você ainda possui 10 dias para quitar. Neste tempo, procure o estabelecimento e negocie, caso contrário, o seu nome irá para o banco de dados do SPC e SERASA, constando lá até o pagamento ou, pelo menos, até os próximos 5 anos.