Serasa: Como consultar sua situação, limpar o nome e dicas para economizar dinheiro

Serasa Experian se caracteriza por ser uma empresa do Brasil de informações e análises às decisões de crédito e suporte para negócios. E integra o grupo Experian. Serasa Experian tem atuação através dos acordos com as empresas de informações oriundas dos continentes todos.

A Serasa teve origem no ano 1968, pela iniciativa da FEBRABAN, Federação Brasileira de Bancos, como ação de cooperação entre vários bancos, com objetivo de padronizar os formulários e relatórios, gerando ficha cadastral única, a possibilitar rapidez em decisões bancárias e o controle ideal em relação ao sistema financeiro.

A Serasa Experian gera 22/2 indicadores econômicos com serventia de referência ao comércio, setor de serviços de ambiente de negócios, à indústria do Brasil. No mês de dezembro de 2010, houve inclusão da empresa em ranking do Banco Central, determinada instituição que mais teve acerto de projeções acerca de Índice Geral de Preços, IGP-DI.

 Passo a Passo para Consultar o CPF na Serasa

Nem todas as pessoas sabem, porém fazer a consulta do próprio CPF na Serasa online é sem custo. A consulta do nome na Serasa online se caracteriza como uma medida simples que pode poupar cada um do transtorno do sofrimento de fraude ou ficar com a situação de nome sujo de modo injusto.

O primeiro passo é entrar no site do Serasa Consumidor. E na página inicial, será observado um campo pela esquerda para preenchimento do próprio CPF e realização da consulta. Na sequência é necessário preencher os próprios dados para realização do cadastro no Serasa Consumidor. Então, escolher se deseja o recebimento da confirmação do cadastro através de celular ou email. Clicar na opção de preferência e confirmar o cadastro.

Quando for confirmado o cadastro, será recebido um link para clicar e fazer login, sendo que pela primeira vez. A próxima ação é preencher o email ou CPF e estabelecer a senha pessoal. E tudo resolvido. Em página inicial haverá informações do que constar no próprio CPF online.

No caso de estar com nome sujo devido à pendência pessoal, é possível utilizar as informações para regularização do próprio caso o quanto antes possível. Várias pessoas ficam com nome sujo devido às dívidas antigas, exatamente por não fazer acompanhamento do caso do CPF de modo freqüente.

Se houver determinada pendência não reconhecida é preciso fazer um boletim de ocorrência de forma imediata, contatar a empresa que está fazendo a cobrança para avisar acerca da fraude e procurar assistência de órgãos de defesa do consumidor na situação de haver recusa para limpar o próprio nome.

Como Limpar o Nome

Em relação à negociação da dívida, se for consultado o CPF e observado que há dívidas, uma maneira fácil para se livrar de dívidas é fazer negociação através do Serasa Limpa Nome. Após ter se cadastrado em site do Serasa Consumidor à consulta de CPF, é possível seguir na opção “Serasa Limpa Nome”. Clique aqui para ir até a página.

Ali há determinadas empresas parceiras, estas que negociam sem haver estresse. É suficiente verificar se há dívida com determinada empresa que participa e clicar no “negociar”.

Após isso, basta fazer o pagamento e pronto. Logo a empresa dará baixa na própria dívida e o nome voltará a estar limpo. No entanto, se a dívida for com empresas que não integram o Serasa Limpa Nome, é necessário contatar os credores e fazer negociação de modo direto com os mesmos.

Após Limpar o Nome, É Momento de Poupar

Quando as contas escapam de controle, há necessidade de parar tudo. E iniciar do zero sem desespero. Fazer um planejamento detalhado de todos os ganhos e todos os gastos.

Mais uma dica é organizar o orçamento familiar de maneira simples e verificar quanto é possível poupar mensalmente, buscar uma renda extra, economizar, juntar todas as moedas. Tudo neste momento auxilia a juntar a quantia necessária para que seja quitada a própria dívida.

Anteriormente ao fechamento de negociação, é preciso fazer o próprio orçamento doméstico, a considerar as entradas de dinheiro, e o que é necessário para que as despesas básicas sejam mantidas. Desta maneira, haverá clareza acerca do valor por mês com o qual será possível contar para quitar o que deve. Somente assinar acordos que podem ser cumpridos.

No caso de a empresa não aceitar a proposta oferecida, é preciso procurar auxílio do setor de mediação ou conciliação no órgão de defesa do consumidor, ou da defensoria pública, à renegociação do pagamento. Encontrar o de maior proximidade pelo site da Defesa do Consumidor. O fundamental é manter a tranquilidade e ter perseverança no processo de escapar do vermelho.

Recomendados para você: