Aditamento FIES – O que é e Como Funciona

O aditamento do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior) é uma renovação do contrato de financiamento que precisa ser feita duas vezes no ano pelos beneficiados do programa. A renovação das informações precisa ser feita no fim de cada semestre, ou seja, primeiramente em julho e outra em novembro ou dezembro.

A renovação do contrato é essencial para que o estudante mantenha o financiamento em dia e não corra o risco de perder  o direito ao programa. Confira aqui o passo a passo de como validar as informações e manter seu contrato em dia com o governo federal.

É importante saber qual o prazo aditamento do FIES é datado, isso porque assim o estudante do FIES não corre o risco de perder os benefícios oferecidos por causa do aditamento contratos que são necessários. Fique de olho na sua inscrição, independente das instituições de ensino, principalmente em instituições privadas, de modo a fazer a renovação, conseguir a concessão do financiamento, cadastre-se e fique por dentro dos contratos FIES.

fies-aditamento

O aditamento é primordial pelo programa e é feito semestralmente dos beneficiados pelo programa, nos contratos é essencial, é importante ficar de olhos nos prazos, ainda mais com o novo FIES, é importante saber se foi adiado, como são os contratos FIES, caso houve alguma alteração nas cláusulas do FIES prazo, o que é necessário ir até ao banco, quando há a necessidade de comparecer à local físico e muito mais.

Como funciona

O Aditamento pode ser feito de duas formas por  meio do  sistema informatizado do FIES. Por meio da atualização dos dados cadastrais, curso e instituições e demais informações sobre o aluno pela internet a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) avaliará e confirmará a sua participação do sistema SisFies.

Aditamento Simplificado: esta opção é para os alunos que não irão alterar nenhuma informação no contrato, seja valores, informações sobre a universidade, carga horária do curso, período em que está sendo cursado (matutino ou noturno) entre as demais informações.

Nesta opção a única informação a ser atualizada é o valor da mensalidade do curso que está sendo feito. Nesta opção, o aluno tem 20 dias depois realizado a solicitação ao CPSA (Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento).

Aditamento Não Simplificado: Esta opção é para os alunos que precisam alterar ou corrigir informações sobre o seu contrato de financiamento. Se você precisa fazer isso, solicite o reinicio do processo de aditamento. Você precisará finalizar o processo em no máximo 10 dias contados a partir do terceiro dia útil após a data de confirmação de solicitação do aditamento.

Para realizar o procedimento é preciso ter em mãos o número do CPF do estudante, a senha do programa e os dados do sistema. É aditamento feito pelo MEC por onde você tem notícias de quando é adiado, o que é possível de fazer quanto ao prazo, quando entrar em contato, informação aos alunos, dados sobre o fies boleto simplificado pra você, é importante ter o CPF documento e do que é necessário.

Como fazer o aditamento do FIES

Para realizar o aditamento simplificado do FIES o estudante precisará se dirigir ao CPS na instituição que estuda para realizar a retirada do Documento de Regularidade de Matrícula que deve estar devidamente assinado para comprovar a veracidade do documento.

Depois, basta se dirigir até o banco que está realizando o financiamento para conversar com um agente financeiro, tenha em mãos os documentos do fiador ( pessoa que se responsabilizou pelo pagamento) para que  a atualização de informações sobre o seu contrato seja renovada.

Se você precisa realizar o aditamento não simplificado, compareça a CPSA para retirar o Documento de Regularidade de Matrícula  acompanhado dos fiadores – as pessoas que estão pagando o financiamento ou seu representante legal. É necessário fazer essa atualização do documento, esse é o sistema que funciona pelo portal Sisfies.

O aditamento deve ser formalizado em até 10 dias contados a partir do terceiro dia útil depois da data de confirmação da solicitação de aditamento. Para que o processo seja concluído é preciso entregar uma cópia do termo aditivo na CPSA.

Confira a lista de documentos que o beneficiado precisa levar as instituições:

documentos-aditamento-fies

Documentos que você deve levar até a CPSA:

  • Cópia original do documento de identidade
  • Cópia e documento original do comprovante de residência
  • Original e cópia da certidão de casamento (se houver) e CPF
  • Original e cópia do último aditamento
  • Termo de concessão ou de bolsa parcial do Prouni

Documentos para apresentar no banco:

  • Documento de identificação
  • Original e cópia do comprovante de residência
  • Original e cópia da certidão de casamento e CPF
  • Comprovante do último aditamento ou atualização cadastral
  • Original e cópia do termo de contrato de bolsa parcial na universidade

É claro que tudo isso também pode ser feito pela internet de forma muito mais simples. Realizando o seguinte procedimento você só precisará levar a universidade os papeis que comprovam a renovação do seu contrato.

Fique atento ao prazo de renovação do seu FIES, as cláusulas do contrato da documentação ao levar, o que é necessário pelas instituições pelos estudantes, se não é preciso emitir toda uma nova documentação, como é o contrato de estudante da renovação de contratos, formas simplificados de renovação, o que o estudante precisa, quando devem ser renovados e quando entrar com um pedido de aditamento.

Passo a passo de como fazer o aditamento online

  1. Acesse o sistema informatizado do FIES (http://sisfiesaluno.mec.gov.br/seguranca/principal)
  2. Faça o seu login informando o seu CPF e senha do sistema. Digite o código de verificação conforme solicitado e clique em “Entrar”
    Aditamento FIES passo 1
  3. Abrirá uma página para atualizar suas informações. Preencha os campos conforme solicitado sem cometer erros. lembre-se que é pelo e-mail e número telefone indicado neste cadastro que o FIES lhe manterá atualizado sobre informações e dicas importantes
    Aditamento FIES passo 2
  4. Aparecerá algumas perguntas. Responda somente com as opções SIM ou NÃO conforme indica a imagem. A primeira pergunta será sobre os valores da semestralidade, o turno em que está sendo cursado, a duração em horas e a quantidade de semestres concluídos.Se alguma das informações estiver incorreta selecione NÃO e em seguida “Rejeitar Aditamento”.Isso fará com que o sistema entre em contato com a sua instituição de ensino afim de corrigir as informações necessárias. Neste caso, será informado via e-mail a nova data para realizar o seu processo de renovação contratual.A segunda pergunta dá ao aluno possibilidade de renovar informações sobre  o contrato como reduzir a porcentagem cobrada de financiamento entre outras questões. Caso queira alterar alguma coisa clique em “SIM”
    Aditamento FIES passo 4

5.Feito todas as alterações necessárias e após validar as informações clique em “Confirmar Atendimento”. Você será redirecionado para uma pequena tela com uma mensagem lhe informando que seu processo de aditamento foi concluído.

Provavelmente você receberá via SMS no celular ou e-mail informado no cadastro um código de verificação. Confira e digite-o no campo solicitado. Isso irá confirmar que a sua renovação foi confirmada.

passo-4-aditamento-fies

  1. Com isso, você deve informar a instituição de ensino que estuda. Leve até ela o DRM (Documento de Regularidade de Matricula).Caso tenha alterado alguma informação sobre as porcentagens mensais a ser cobradas ou valores do contrato você antes deve ir até uma instituição bancária e solicitar o termo aditivo. Leve-o também para ser arquivado na faculdade que cursa.

As atualizações do sistema costumam demorar até 10 dias úteis após a solicitação do aditamento para serem devidamente arquivadas no sistema. Lembre-se que a atualização semestral precisa acontecer para que você possa se manter dentro do contrato, sem ter interferência na sua oportunidade de cursar um curso superior.

O FIES é mantido pelo fundo nacional com base a melhorar o nacional desenvolvimento de educação e também na renovação de contratos.

Prazos para a renovação do contrato

O Ministério da Educação estabelece que as renovações do contrato devem ser feitas

  • No primeiro semestre, entre os dias 1 de dezembro do ano anterior e 31 de março do ano corrente
  • No segundo semestre, entre os dias 1 de julho e 31 de agosto do ano corrente

Geralmente as universidades informam sobre o processo de aditamento do FIES com bastante tempo de antecedência para que os alunos possam se programar.

É comum que a mídia paute este tema por conta de sua relevância pública. No entanto, é sempre bom ficar ligado nos prazos e calendário por meio do site quando o semestre está chegando ao fim.

Durante o contato do FIES a pessoa não precisa pagar o valor do curso, somente as taxas do financiamento que vem a cada três meses no endereço residencial do candidato. Os estudantes deverão pagar o boleto (confira como pagar) e o curso superior ou pós-graduação só será pago após a conclusão do curso.

Para que serve o aditamento do FIES

O aditamento do fies serve pare renovar e confirmar os seus dados com as instituições bancárias que estão garantindo o financiamento do seu curso à faculdade. Quando o aluno não renova este contrato significa que desistiu ou não concorda com o que está nele estabelecido.

Por conta disso, a renovação é de essencial importância para dar continuidade ao financiamento estudantil. Aquele que não o fizer corre o risco de perder o benefício.

Caso o aluno não tenha pago as outras parcelas do FIES ( que variam em torno dos R$ 150,00) o aditamento pode ficar bloqueado (no caso de financiamento de 100% do curso). Neste caso, o estudante precisará quitar a divida para realizar a renovação do contrato.

Ficou alguma dúvida? Então procure o CPSA da sua faculdade ou entre em contato com o FIES pelo canal 0800 616161

Entenda mais sobre o programa

O FIES (Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior) é um programa do Ministério da Educação (MEC) criado em 1999 que visa financiar mensalidades de cursos do ensino superior para ampliar as chances de estudantes de cursar as universidades. Não existe processo seletivo, somente a necessidade de se enquadrar em situações que permitam o crédito bancário em parceria com o governo federal.

Para se inscrever no programa, o aluno precisa estar devidamente matriculado em uma instituição de ensino superior particular, ter se cadastrado no FIES e ter renda per capita familiar de no máximo 2,5 salários mínimos. Se quer conhecer mais a fundo o programa, confira os detalhes de como funciona o FIES. Confira aqui todas as informações de inscrição. 

É importante saber quem pode participar de acordo com o valor da renda familiar para assim conseguir entrar em uma faculdade particular, entender melhor sobre os documentos necessários, como contratar o financiamento ao fazer inscrição de acordo com o período de inscrições existentes, saber mais sobre bolsas de estudo.

Dessa maneira com todos os dados você pode pensar na sua inscrição FIES como estudante FIES, entrar na lista de espera, ver quais os candidatos de acordo com a nota de corte, saber mais sobre pré seleção, pré matrícula, quanto é a taxa de inscrição de sua bolsa, além disso em cursos disponíveis, mais sobre educação superior de qualidade, como o financiamento é feito para pessoas de baixa renda, como funciona o pagamento, o pagamento fies e todas suas dúvidas tiradas.