Bolsa de Estudo para Graduação – Programas. Como conseguir?

Uma bolsa de estudo é um benefício oferecido pelo governo federal ou instituições de ensino para alunos de baixa renda. O bolsista pode estudar sem ter de pagar pelo curso ou então desembolsar somente uma parte da mensalidade, o que ajuda a não comprometer seu orçamento mensal.

Curiosamente, as bolsas de estudo têm finalidade inclusiva, uma vez que tornam o acesso ao ensino básico e superior mais democrático, dando suporte na formação e no desenvolvimento de novos talentos.

Bolsas de Estudo

As bolsas de estudo são disponibilizadas por diversas instituições de ensino e podem ser totais ou parciais. No primeiro caso, o aluno não precisa pagar pelo curso. Já no segundo, o estudante recebe um desconto na mensalidade.

Esse é um tipo de benefício que é oferecido por escolas e universidades privadas e públicas, porém com diferentes finalidades. Enquanto na instituição privada o aluno tem desconto integral ou parcial da mensalidade, na pública a bolsa tem como finalidade custear os gastos do aluno no dia a dia ou financiar experiências no exterior.

De modo geral, é possível conquistar uma bolsa de estudo em qualquer curso, desde que a empresa em questão trabalhe com essa política de benefício. Atualmente, existe a possibilidade obter bolsas para cursos livres, ensino fundamental e médio, técnico profissionalizante, graduação e pós-graduação.

Bolsas de estudos como conseguir

Como conseguir uma bolsa de estudos

Quer uma bolsa de estudos, mas não sabe como conseguir esse benefício? Há duas formas principais que facilitam conquistar esse sonho. A primeira delas é por meio de um concurso de bolsas, que costuma ser realizado por escolas de cursos livres, de ensino fundamental, médio e técnico.

Nesse caso, o aluno faz uma prova específica e uma bolsa de estudos é concedida, de acordo com o seu desempenho. Quanto maior a pontuação, maior será o desconto oferecido, podendo chegar até a isenção.

Outro modo de ser bolsista é por meio de programas especiais que são oferecidos pelo governo federal, escolas, universidades, ONGs e entidades filantrópicas, geralmente para cursos de graduação e pós-graduação.

programas sociais para bolsas de estudo

Bolsas de Estudo em Programas

1. ProUni

O ProUni(Programa Universidade para Todos) é um projeto do Ministério da Educação e do governo federal. Sua finalidade é conceder bolsas de estudo integrais ou parciais de 50% em instituições de ensino superior privado. Para participar desse programa, o candidato deve:

  1. Ser egresso da rede de ensino público ou particular na condição de bolsista;
  2. Possuir renda bruta mensal per capita de até um salário mínimo e meio (bolsa integral) ou renda familiar de até três salários mínimos por pessoa (bolsa parcial);
  3. Ter participado da última edição do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e atingido 450 pontos, no mínimo, na prova objetiva e não ter zerado a redação.

Veja o calendário de inscrições do ProUni aqui.

2. Educa Mais Brasil

Trata-se de um programa da iniciativa privada, voltado a alunos de universidades, escolas profissionalizantes e de formação básica. Mas, atenção: as bolsas não são 100% gratuitas e os descontos variam de 30 a 70% no valor da mensalidade. Já falamos sobre o Educa Mias Brasil aqui.

Para concorrer ao benefício, o candidato deve verificar se a instituição de ensino onde deseja estudar possui vínculo com o Educa Mais Brasil, fazer a inscrição on-line e depois comprovar a documentação, caso seja aprovado.

3. Programa de Gratuidade Senac

O Senac oferece bolsas integrais a alunos de cursos livres e técnicos, por meio de seu Programa de Gratuidade. São feitas poucas exigências para ter o benefício, sendo a principal possuir renda mensal per capita de até 2 salários mínimos.

4. Santander Universidades

O Santander Universidades é um programa que tem parceria com mais de mil instituições de ensino pelo mundo e oferece bolsas parciais e integrais a estudantes que já estão na graduação, mas querem fazer intercâmbio numa universidade no exterior. O processo para obter o benefício é feito na própria faculdade do candidato.

5. FAPESP

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo oferece bolsas de incentivo e suporte financeiro a quem faz iniciação científica, mestrado e doutorado, permitindo que possam se dedicar integralmente à pesquisa.

O benefício funciona como uma ajuda de custo e é interessante para quem deseja investir em especializações. Para obter a bolsa, é preciso apresentar seu projeto de pesquisa e conseguir aprovação pela entidade.

6. Ciência sem Fronteiras

Programa do governo voltado ao intercâmbio em universidades estrangeiras, especialmente com foco em exatas, ciências biológicas e tecnologia. Atende alunos da graduação e pós-graduação, oferecendo bolsas integrais.