Comunismo – Significado, O que é e Como funciona. O que é ser comunista?

O comunismo refere-se a uma ideologia política e socioeconômica, que visa promover uma sociedade igualitária, sem classes sociais e que se baseia na propriedade comum dos meios de produção.

Marcado por combates constantes pelos capitalistas, durante o período da Guerra Fria, o comunismo é, muitas vezes, confundido, gerando inúmeros questionamentos por aqueles que não o conhecem profundamente.

Um aprofundamento a respeito do assunto é sempre benéfico, sendo que o movimento possui diversos questionamentos que, muitas vezes, são confundidos com os ideais do socialismo.

Comunismo X História

Comunismo - Significado, O que é e Como funciona. O que é ser comunista?

O principal responsável por disseminar e lutar pela proposta de uma sociedade livre e igualitária foi o filósofo, sociólogo, jornalista e político revolucionário Karl Marx, estudado até os dias de hoje devido às suas ideias inovadoras e polêmicas no campo social.

Juntamente com Karl Marx,seu companheiro Friedrich Engelsfoi o responsável pelo desenvolvimento de uma análise social e histórica,que fazia referência a uma luta de classes entre as diferentes integrantes da sociedade. Foi Engels e Marx que lançaram o Manifesto Comunista, uma obra compreendia como um tratado político do ano de 1848.

Ao realizar a análise dos inúmeros conflitos que ocorrem na sociedade, os teóricos e pesquisadores apontaram que há a desigualdade porque há classes sociais que buscam determinar e classificar um status de manutenção social.

Ao solucionar esses diversos conflitos,ocorreria, necessariamente, o desenvolvimento de uma revolução, que rompesse com tais estruturas sociais.

O cenário do século XIX destacou-se pelo surgimento e desenvolvimento da Revolução Industrial, apontando ao proletariado a importância da luta por seus direitos.

Os trabalhadores configuravam a classe social mais explorada pelo sistema capitalista,beneficiando os detentores dos meios de produção. A importância de derrubar o sistema governamental vigente e conquistar uma posição de respeito na sociedade eram objetivos constantes, que deveria ser reforçados.

Uma das principais características do comunismo refere-se à tomada do poder e à proposta de criação deum governo do proletariado, desapropriando as organizações privadas e colocando-as à disposição social.

A proposta do comunismo refere-se a um sistema que deveria buscar, de forma constante, a igualdade. No momento em que ela fosse conquistada e os meios de produção realizassem um trabalho visando o benefício social, e não a classe burguesa, a necessidade de se ter um Estado chegaria ao fim.

Essa nova etapa, que não apresentava desigualdades e classes sociais, seria chamada de comunismo.

Características do Comunismo

O surgimento da primeira definição clara para o comunismo ocorreu na antiguidade, sendo Platão (427 a.C.- 347 a.C.) o responsável por tais conceitos, em seu texto “A República” – no qual descreve um Estado em que as pessoas compartilhariam todos os seus bens, esposas e filhos.

As principais características do comunismo, compreendem aos seguintes aspectos:

  1. Ser um partido independente e constituir uma identidade própria;
  2. A constituição do comunismo refere-se à classe operária e trabalhadora;
  3. É um partido com vida democrática interna, constituído por meio de um trabalho coletivo, com debates constantes em congressos e em assembleias, descentralizando a responsabilidade, cabendo a todos o comprometimento;
  4. O comunismo refere-se a uma ideologia que se propõe a defender os interesses de todo o país;
  5. É um partido que tem como meta a construção social, sem exploração pessoal;
  6. O comunismo possui uma teoria revolucionária, que pode assustar as pessoas que não conhecem profundamente a base teórica.

Uma das dúvidas que surge, constantemente, refere-se à diferença entre o comunismo e o socialismo. Para isso, confira, abaixo:

Comunismo X Socialismo

Apesar de possuírem conceitos muito parecidos, a teoria de Marx esclarece que o socialismo refere-se a uma etapa, que visa chegar ao comunismo.

O socialismo possui como principal papel controlar a produção e a distribuição dos bens.Dessa forma, alcançaria mais rapidamente a ideologia comunista.

Há alguns estudos que compreendem que o comunismo faz referência à construção de regimes autoritários. No entanto, a ideia central é ambos, socialismo e comunismo, vislumbram a distribuição igualitária da sociedade e das riquezas para o povo.

A divergência entre ambas encontra-se na organização da transformação, sendo que, no socialismo, há existência de um estado, enquanto que o comunismo nega isso.

Para o entendimento mais profundo dessa ideologia governamental e a possibilidade de discussão sobre ela, é fundamental o conhecimento aprofundado e a informação, pois, as vezes, um detalhe muda a constituição ideológica.