Concurso INSS – O Que Estudar? Benefícios? 10 Motivos Para Estudar!

Em tempos de crise e inflação no Brasil, empregos com estabilidade se tornaram algo raro e muito cobiçado pelos trabalhadores. Os concursos públicos são uma alternativa desejada há muito tempo para quem quer ter um salário alto, com estabilidade financeira e empregatícia, ainda mais em um órgão do Governo.

Um dos concursos mais disputados é com certeza o do INSS, onde vagas para técnico do seguro social, analista e perito médico são ofertadas com o salário inicial de R$ 5 mil em média. Continue lendo para saber mais sobre o processo.

Concurso INSS: Como Funciona?

Primeiramente, é exigido muito estudo por parte do estudante que realmente almeja conquistar uma vaga em um dos órgãos públicos brasileiros. Não pense que com uma simples lida de apostilas ou apenas frequentar as aulas dos cursinhos será suficiente.

Candidatos que já realizaram a prova e tiveram as primeiras colocações costumam relatar que estudavam cerca de 6 até 8 horas por dia – incluindo finais de semana -, tudo com muita dedicação e sempre tirando todas as dúvidas que surgiam.

Como me Preparar Sem o Edital?

Mesmo sem o edital da prova divulgado, é necessário se preparar o quanto antes, lembre-se que quanto mais estudo antecipado, melhores chances o concurseiro tem de se dar bem na prova.

Use como base o edital das últimas provas aplicadas, afinal, o teste não tende a mudar drasticamente. A dica é estudar ponto a ponto os tópicos fornecidos, prestar bem atenção aos pequenos detalhes, resolver o maior número de questões possíveis, entendendo e aplicando revisões diariamente.

como-se-preparar-para-concurso-inss

O importante é que um hábito seja adquirido, pois após a liberação do edital, que acontece cerca de 60 dias antes da prova, pequenas mudanças que precisaram ser estudadas, por isso, será preciso focar em algumas questões específicas, deixando a base comum que já foi estudada previamente.

Procure focar em Direito Previdenciário – esse é um dos pontos mais cobrados na maioria das provas já aplicadas. É de suma importância o conhecimento ao máximo da língua portuguesa, mas também não deixe de lado: Raciocínio Lógico, Ética no Serviço Público, Direito Constitucional, Noções de Informática, Regime Jurídico Único e Direito Administrativo.

Qual o Mínimo de Questões Para Ter Chances de Ser Aprovado?

De acordo com as regras do último edital divulgado (caso não seja alterado), esses são os números mínimos para aprovação:

  • Conhecimentos Gerais: 30% de um total de 50 questões;
  • Conhecimentos Específicos: 30% de um total de 70 questões;
  • Sendo o total geral de 40% das 120 questões.

É importante lembrar que mesmo com os acertos perto da faixa de corte mínima, isso não garante a vaga! É preciso ser nomeado, o que acontece efetivamente nos primeiros lugares colocados no resultado da prova.

A prova é composta de 120 questões, objetiva e com o esquema de verdadeiro ou falso. É importante estar atento no dia do teste, pois como de costume, há muitas pegadinhas inseridas, desde as mais simples até as mais escandalosas, o que exige total concentração do concurseiro.

Se você ainda não está convencido totalmente de realizar a prova ou ainda está com dúvidas se vale a pena dedicar tanto tempo assim aos estudos, veja abaixo os 10 principais motivos para que você dedique uma atenção maior as apostilas e salas de aula.

10 Razões Para Realizar a Prova do INSS

  1. Estabilidade: ao passar no concurso com boa colocação e ser nomeado, o empregado está em um regime de contratação estatutário, ou seja, após 3 anos da inserção no cargo, o trabalhador não pode ser exonerado arbitrariamente;
  2. São mais de 900 vagas disponibilizadas, sendo que 800 delas são reservadas especificamente para quem tem somente ensino médio, uma boa notícia para quem não possui grau superior de estudo;
  3. A carga horária pode ser de 8 horas ou de 6, especificamente para aqueles que atuam em agências com contato público, tudo isso sem reduções no vencimento;
  4. Há a possibilidade de mudar de cidade posteriormente, porém inicialmente o candidato será encaminhado para qualquer região do estado em que tenha se inscrito;
    10-motivos-para-fazer-a-prova-do-concurso-inss
  5. A previsão do INSS é que mais 300 agências serão inauguradas, ou seja, a ampliação de redes não pára. Estima-se que é necessário para cada agência o total de 5 servidores, o em um total, são mais 1500 vagas prontas para serem preenchidas;
  6. A possibilidade de convocações é enorme: no concurso que aconteceu em 2012, foram realizadas aproximadamente 5 mil convocações em um total de 6.881 pessoas aprovadas, o que vai bem além do previsto no edital;
  7. O cargo inclui vale transporte, vale alimentação e plano de saúde;
  8. O salário médio inicial tem como base R$ 5 mil, com reajustes anuais;
  9. Há a possibilidade de crescimento profissional, onde há gratificações e promoções quanto ao desempenho, além da possibilidade de concorrer a cargos maiores;
  10. E por fim, há gratificação semestral, conhecida como GDASS – Gratificação de Desempenho de Atividades do Seguro Social.

Se você quer mais informações sobre o edital, candidatos aprovados e ficar de olho sobre quando as novas inscrições serão abertas, acesse o site oficial do Concurso INSS: http://www.cespe.unb.br/CONcursos/INSS_2015/

Fique atento sobre quando o novo concurso será programado, data do edital, dia da prova, o que será exigido e boa sorte!