Consórcio Yamaha: Como funciona? Vale a pena? Como fazer?

O consórcio Yamaha é uma boa alternativa para quem quer comprar uma motocicleta da marca, mas não possui o dinheiro total para efetuar a aquisição à vista, ou não consegue um financiamento tradicional.

Mas, o que é um consórcio e como funciona o da Yamaha, especificamente? A seguir, confira essas informações e saiba se esse tipo de investimento vale a pena, inclusive como fazê-lo!

O que é o consórcio

Consórcio é um modelo de compra baseado no conceito de cooperação. Nele, uma administradora forma um grupo de pessoas interessadas em comprar um bem, como uma motocicleta.

Os integrantes desse grupo passam a contribuir mensalmente para a formação de um fundo, que todo mês é utilizado por um dos participantes para finalmente adquirir a moto.

Esse participante é contemplado por meio de sorteios, realizado com base na loteria federal, ou de lances. Neste último caso específico, o integrante do grupo dá um lance e se compromete a pagar parcelas a mais adiantadamente, o que faz com que tenha acesso ao fundo e possa realizar a compra.

Como funciona o consórcio Yamaha

Consórcio Yamaha: Como funciona? Vale a pena? Como fazer?

A administradora do consórcio, que é a própria da Yamaha, forma o grupo de pessoas que desejam comprar uma motocicleta da marca e começa a arrecadar as prestações mensais, que são formadas por:

  1. Valor da motocicleta dividido pelo número de meses de duração do consórcio;
  2. Fundo de reserva, que é destinado a cobrir eventuais despesas administrativas e de inadimplência;
  3. Seguro conjugado, voltado à quitação de débitos em caso de morte, invalidez permanente do titular ou desemprego;
  4. Demais taxas específicas estabelecidas em contrato.

Depois do primeiro mês de arrecadação, inicia-se o sorteio e rodada de lances, sendo que o contemplado poderá utilizar o saldo acumulado no mês para efetuar a compra da motocicleta.

O sorteio e a possibilidade de realizar lances ocorrem todo mês até o fim do período do consórcio, garantindo a todos os participantes a chance de adquirir a motocicleta.

O consórcio Yamaha vale a pena?

Trata-se de uma opção que vale a pena apenas se o interessado se encaixar nesses quesitos:

  1. Não consegue comprar o veículo à vista ou via financiamento tradicional;
  2. Não precisa da motocicleta imediatamente, pois a compra depende da contemplação em sorteio;
  3. Quer ter a certeza que conseguirá reaver o dinheiro investido, caso desista do consórcio.

Como fazer o consórcio Yamaha

Esse tipo de investimento pode ser realizado de duas formas, sendo a mais simples e rápida via Internet, seguindo estes passos:

  1. Acesse https://www.yamaha-motor.com.br/consorcio/faca-sua-compra;
  2. Selecione a motocicleta que deseja comprar;
  3. Escolha o plano de crédito oferecido;
  4. Clique em “Comprar”;
  5. Faça um cadastro no site, clicando em “Cadastrar”;
  6. Informe dados pessoais;
  7. Revise os dados da compra;
  8. Escolha a forma de pagamento;
  9. Conclua o processo.

A outra forma de contratação é feita diretamente em uma concessionária autorizada Yamaha. Para conhecer endereços de unidades próximas a você, acesse https://www.yamaha-motor.com.br/consorcio/concessionarias.

Para quem o consórcio Yamaha é indicado

  1. Pessoas que não conseguem financiamento de veículos tradicional oferecido por bancos;
  2. Quem não precisa da motocicleta imediatamente;
  3. Pessoas que não conseguem guardar dinheiro e formar poupança para realizar a compra à vista;
  4. Quem quer ter a segurança de reaver o dinheiro pago se desistir de participar do consórcio.

Vantagens e desvantagens do consórcio Yamaha

O consórcio Yamaha destaca-se por ter as seguintes vantagens:

  1. Sem incidência de juros (para pagamentos efetuados no prazo);
  2. Liberdade de uso, com possibilidade de troca de modelo de motocicleta, transferência de consórcio a outra pessoa e antecipação de pagamento;
  3. Facilidade de pagamento, sem necessitar de boleto, bastando utilizar o número do contrato de adesão;
  4. Isenção de taxa de adesão;
  5. Maior chance de contemplação, por meio dos lances;
  6. Possibilidade de reduzir o prazo ou valor da parcela;
  7. Rapidez na entrega da motocicleta.

Entre as desvantagens do consórcio, destaque para:

  1. Risco de inadimplência no grupo, o que pode dificultar o acesso ao fundo em determinados períodos;
  2. Impossibilidade de saber precisamente quando ocorrerá a contemplação e compra do bem;
  3. Cobrança de taxas extras estabelecidas em contrato.

O consórcio Yamaha é seguro?

Sim, o consórcio é seguro porque sua administradora é fiscalizada e regulamentada pelo Banco Central do Brasil. Todo o processo de arrecadação e gerenciamento de fundos é feito com base nas normas estabelecidas pelo banco, dando confiabilidade ao consórcio Yamaha.