Qual a diferença entre salário líquido e bruto? Entenda!

Alguns trabalhadores ficam confusos ao receber o seu salário mensal e perceber que a quantia depositada é menor do que o valor de salário informado no momento da contratação. Este valor negociado na entrevista de emprego e que é anotado na carteira de trabalho é chamado de salário bruto ou salário base.

Já o salário que efetivamente vem para o bolso é chamado de salário líquido, menor do que o acordado, pois sobre ele incidem descontos feitos diretamente sobre o valor do salário bruto.

Diferenças entre salário bruto e líquido

Qual a diferença entre salário líquido e bruto? Entenda!

Basicamente, a diferença entre o salário bruto e o salário líquido são os descontos realizados. O salário bruto ou base é o indicado quando da contratação e anotado em sua carteira de trabalho. Ele servirá de base para o cálculo de todas as suas verbas trabalhistas, como férias, 13º salário e aviso prévio.

Mas, o valor que realmente será recebido pelo empregado será o salário líquido, ou seja, com descontos. Estes descontos são autorizados por lei e devem ser realizados pelo próprio empregador direto na fonte. Sendo assim, antes de ser pago, os empregadores devem descontar estes valores do salário bruto.

Os descontos mais comuns realizados diretamente na fonte pelo empregador e autorizados por lei são o INSS e IRRF (imposto de renda). Apesar de alguns trabalhadores não terem consciência dessa informação, os valores do INSS são arcados pelo empregado. A única diferença é que o empregador é quem tem a responsabilidade de recolher o valor por você. Por isso, eles são descontados diretamente do seu salário, que será apurado com base no valor bruto ou base. O imposto de renda também será retido diretamente pelo empregador, antes do seu salário ser pago.

Além destes descontos mais comuns, outras formas podem ser lançadas em seus recibos de pagamento. Elas estarão mais relacionadas, neste caso, a benefícios concedidos pela empresa, tais como vale transportes, vale refeições, planos de saúde, contribuição sindical e outros.

Por exemplo, o vale transporte é expressamente previsto na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) e é autorizado o desconto de até 6% do salário bruto para o recebimento deste benefício. Sendo assim, o valor gasto com passagens será arcado pelo empregado até o limite de 6% do seu salário base e o empregador só arcará com o valor que ultrapassar esse limite.

Como calcular o valor de um salário líquido a partir do bruto

Para entender melhor como o salário líquido é encontrado, veja um exemplo prático de um trabalhador com o salário bruto de R$2.500,00 reais.

Passo 1: Desconto do INSS

Base de cálculo (R$)Alíquota de desconto (%)
Até 1.693,728%
De 1.693,73 a 2.822,909%
De 2.822,91 até 5.645,8011%

Salário Bruto: R$ 2.500,00

Alíquota de desconto: 9% (faixa de salário bruto entre R$1.693,73 e R$2.822,90)

Cálculo: R$2.500,00 x 0,09 = R$225,00 (esse seria o valor do desconto de INSS)

Passo 2: Desconto do imposto de renda

Base de cálculo (R$)Alíquota (%)Parcela dedutível (R$)
Até 1.903,980%0,00
De 1.903,99 até 2.826,657,5%142,80
De 2.826,66 até 3.751,0515%354,80
De 3.751,06 até 4.664,68

22,5%636,13
Acima de 4.664,6927,5%869,36

Base de cálculo: R$2.500,00 – R$225,00 = R$2. 275,00 (salário bruto menos desconto de INSS)

Alíquota de desconto: 7,5%

Parcela de dedução: R$ 142,80

Cálculo: R$ 2.275,00 x 0,075 = R$ 170,63

R$ 170,63 – R$ 142,80 = 27,83 (desconto de IRRF)

Passo 3: Desconto auxílio transporte

Base de cálculo: 2.500,00 x 0,06 = R$ 150,00 (desconto do auxílio transporte)

Assim, o empregador poderia descontar o valor de até R$ 150,00.

Passo 4: Calcular o valor do salário líquido recebido, de acordo com os valores de descontos apurados.

Cálculo: R$ 2.500,00 – R$ 225,00 – R$ 27,83 – R$ 150,00 = R$ 2.097,17

O salário líquido do trabalhador do exemplo seria de R$ 2.097,17.

Deduções como auxilio alimentação, planos de saúde e outros dependerão das convenções trabalhistas ou dos acordos coletivos seguidos por cada empregador, devendo ser descontados também do salário bruto, se existirem.