FIES – Como Funciona?

Possuir um curso superior é fundamental no atual mundo capitalista que vivemos tendo em vista que as oportunidades de emprego são voltadas para aqueles que possuem maior conhecimento.

Porém, mesmo observando tamanha importância, muitas pessoas sentem inúmeras dificuldades para conseguir arcar com as despesas que faculdades ou cursos superiores ocasionam, precisando contar com o auxílio do governo. Devido a isso surgiu o programa FIES, o mais conhecido financiamento estudantil do Brasil.

Desde que foi lançado, o FIES já ganhou grande repercussão para aqueles que sonham em realizar um curso superior mas apresentam dificuldades financeiras para isso, conseguindo financiar seus estudos e conseguir concluir o curso escolhido sem preocupações, podendo arcar com as despesas depois que já estiver formado, além de ter a chance de pagar tudo através de parcelamentos.

Como se inscrever

Para conseguir fazer uso do FIES o estudante necessita realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e atingir a nota mínima de 450 pontos.

Além disso, o mesmo precisará ir à alguma agência bancária que a universidade na qual deseja estudar irá encaminhar e comprovar a renda familiar, verificando se há possibilidades de realizar o financiamento.

O FIES pode ser financiado integralmente ou em porcentagens, sendo que o estudante não precisa pagar adiantamento. Mas quando financia somente metade ou até menos do valor do curso, terá que arcar com a despesa, não sendo responsabilidade do governo pagar esta outra parte.

É preciso lembrar que existe um prazo onde se iniciam as inscrições para o FIES e o estudante interessado precisa realizar sua inscrição até o último dia estipulado, pois caso contrário não conseguirá atingir seu objetivo.

Um dos pontos mais importantes é levar todos os documentos que a instituição de ensino, assim como o banco em questão irão solicitar. Todo o procedimento deverá ser feito corretamente, pois caso contrário, a vaga do estudante passará a estar comprometida e terá a chance de perder o direito de cursar na universidade de seu interesse sem precisar arcar com todas as despesas de imediato.

Atualmente, um alto número de estudantes já busca se inscrever nesse financiamento e nesse grupo não estão
inclusos apenas aqueles que darão início a seus estudos. Na verdade, muitos daqueles que já estão em um curso superior, mas não estão conseguindo arcar com as despesas acabam recorrendo ao FIES, para tentar melhorar a situação e conseguir concluir o curso que estão cursando.

FIES-2Não são poucos os benefícios que o FIES pode trazer para os estudantes, logo, se é de seu interesse fazer uso desse programa do governo para conseguir arcar com as despesas de um curso superior comece a se atentar cada vez mais as novidades, como prazo de inscrição.

Além disso, visite o quanto antes a universidade onde deseja estudar e entenda melhor o funcionamento do FIES dentro da mesma, analisando as documentações que precisará providenciar.

Usufrua de todos os benéficos que esse financiamento pode trazer e aproveite seus estudos da melhor maneira, não precisando de preocupar com as despesas, sendo que tudo será pago depois, sem pesar no seu orçamento, proporcionando um futuro com mais segurança no mercado de trabalho.