Fies- Como se inscrever? Requisitos? Tire suas dúvidas aqui

O Fies é uma oportunidade única para muitas pessoas de conseguir cursar uma faculdade. O valor dos cursos  nas universidades privadas  tem um custo alto para o padrão da maioria das famílias brasileiras, principalmente as universidades mais famosas. Os custos ficam inviáveis para muitas pessoas, pois a renda mensal não é o suficiente para cobrir todos os custos da mensalidade.

Por causa disso,  muitos deixavam de cursar o ensino superior por falta de dinheiro. Essa situação mudou bastante depois do Fies, um programa de financiamento com juros baixíssimos. Entenda um pouco sobre esse programa, descubra como fazer a inscrição, como funciona, entre outras coisas importantes.

O que é FIES?

Fies significa Fundo de Financiamento Estudantil é um programa do Ministério da Educação que tem o objetivo de ajudar a financiar metade ou a graduação completa para estudantes que não tem condições de pagar o curso de forma integral. O objetivo é que o estudante faça o curso e somente depois, quando estiver trabalhando, comece a pagar o investimento feito no curso.

O valor financiado pode ser apenas de uma parte da mensalidade. Por exemplo, o aluno paga 25% da mensalidade e financia 75%. Ou ainda pode ser total, o aluno não paga nada até se formar.

É algo bem interessante para quem não tem condições de pagar o curso ao mesmo tempo que o realiza, mas depois com a formação adquirida tem a oportunidade de conseguir um trabalho melhor. Ao ser remunerado o aluno conseguirá bancar muito mais facilmente os estudos pelos quais passou, não dependendo unicamente de sua família.

Para começar você precisa saber que os juros do Fies. Os valores não são como o financiamento de um carro, casa ou empréstimo. Eles tem um acréscimo no valor de apenas  6,5% ao ano, um grande benefício. Assim você não terá que pagar muito a mais por suas mensalidades.

Sistema de financiamento universitário

Como Funciona o Fies?

A primeira coisa que você deve saber é como funciona e se você está entre as pessoas que podem adquirir o Fies. Para entender o programa é muito simples, no site da Caixa Econômica Federal você pode fazer uma simulação.  Lá você vai colocar a quantidade de semestres que vai fazer, o valor, juros, entre outras coisas.

Depois de preencher tudo, o simulador vai mostrar como vai ficar seu financiamento, quando vai começar a pagar, entre outros detalhes importantes de acordo com as suas informações pessoais. Quer ver o valor e a condição de pagamento? Clique aqui e faça a simulação.

A taxa de carência após formado é de 18 meses e a amortização é de um período de 3 vezes o tempo permanência do estudante na universidade. Ou seja, após a graduação o universitário terá o tempo de 1 ano e meio para conseguir um emprego e começar a quitar o financiamento. Ele poderá parcelar o valor em até 3 vezes a sua permanência, se estudou por 4 anos, terá 12 anos para dividir as parcelas.

Como Funciona o Fies?

O estudante só pode solicitar o financiamento se for pré selecionado na inscrição que fez. Uma quantidade de vagas é oferecida por instituição de ensino, essas vagas são disponibilizadas dependendo da demanda de oferta nos cursos superiores escolhido. Consulte sempre a secretaria do curso desejado para obter mais informações.

Lembramos que, para participar do processo, o estudante deve ter feio a prova do Enem.  A partir do primeiro semestre de 2016 o Fies será efetuado com base nos resultados obtidos na prova, dessa forma o aluno deve ter pontos superiores a quatrocentos e cinquenta pontos (média nacional do Exame Nacional do Ensino Médio ) e não pode ser reprovado na redação. Então se prepare e estude muito para o ENEM.

Também é necessário ter renda familiar per capita de até 2,5 (dois e meio) salários mínimos por pessoa. Os requisitos para conseguir o financiamento não são muitos. As pessoas conseguem realizar o financiamento do curso com facilidade, se você se encaixa nesse perfil certamente conseguirá o financiamento.

Consegui o Financiamento, o que Fazer?

Mesmo se conseguir o financiamento total do curso, ou seja, 100%, você vai precisar pagar a cada três meses o valor de no máximo R$ 150,00.  Esse valor é referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento. É importante saber esses detalhes para não ser pego de surpresa, por mais que esse não seja um valor custo muito alto, já poderá fazer uma diferença no seu orçamento. O valor deve ser pago desde o início do financiamento, até o mês que antecede o período de carência.

Assim que você concluir o curso terá 18 meses de carência para iniciar o pagamento do curso, com possibilidade para negociação dos valores. Após este período, o saldo será parcelado conforme foi negociado e você já vai começar a receber o boleto para pagar mensalmente. É uma grande oportunidade para realizar o seu sonho de formação.

Agora que já sabe bastante sobre o Fies e como funciona você como aluno já pode fazer a inscrição, vamos mostrar um passo a passo muito simples:

Como se Inscrever no Fies?

Depois de fazer a simulação e escolher a melhor forma de financiamento você já pode fazer a inscrição. O estudante interessado deve fazer a inscrição na internet, através do Sistema de Seleção do FIES. Para isso ele deve acessar p endereço eletrônico, clicando no link a seguir, ou copiando e colando a URL no seu navegador: http://fiesselecao.mec.gov.br. O calendário para inscrição é divulgado no site, ao entrar lá você pode conferir as próximas datas de inscrição.

Passo 1- Faça sua inscrição no site do Sistema de seleção do Fies no endereço que informamos acima. Lá você pode também consultar o resultado, ver se foi pré selecionado, se existe lista de espera entre outras coisas.

como fazer a inscrição fies

Passo-2  Assim que concluir a inscrição e for aprovado, é importante validar seus dados na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) de sua IES em até dez dias. Esses dias são contados a partir do momento que foi feita a conclusão da sua inscrição.  O aluno deve apresentar alguns documentos especificados no site oficial .

site-fies

Passo 3- Com todos os documentos em mãos, você deve ir até uma agência Caixa Econômica Federal  para formalizar o financiamento.

Em caso de opção pelo financiamento convencional ou solidária, será necessário um fiador. Este também precisará comparecer a Caixa para formalizar o financiamento e apresentar seus documentos.

Documentos Necessários

Veja todos os documentos necessário para efetuar a contratação do financiamento, lembre-se que deve ter os documentos originais e cópias:

Documentos do aluno:

  • Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) emitido pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento do FIES (CPSA);
  • Termo de concessão ou de atualização do usufruto de bolsa parcial do ProUni, quando for o caso;
  • Documento de identificação;
  • CPF próprio e, se menor de 18 anos de idade não emancipado, CPF do seu representante legal;
  • Certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;
  • Comprovante de residência.

Documentos do fiador:

  • Documento de identificação;
  • CPF;
  • Certidão de casamento;
  • CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de rendimentos, salvo no caso de fiança solidária.

Pronto, você já tem o financiamento e já pode estudar com tranquilidade sem precisar se preocupar se vai conseguir pagar sua faculdade. Com o Fies, vai até sobrar dinheiro para fazer um lanche na hora do intervalo, comprar os materiais necessários para o curso, tirar todos os xerox que a faculdade exige, entre outras coisas importantes para a vida do universitário.

Fazer uma faculdade é muito importante  para um futuro profissional e você não pode perder essa oportunidade por falta de condição financeira. Ficou alguma dúvida sobre o Fies? Deixe seu comentário que podemos ajudar.

Tem alguma dica? Deixe nos comentários também seu depoimento pode ajudar próximos usuários!