Guia de Profissões: Farmacêutico. Conheça essa Profissão, Formação, Salário e Mercado de Trabalho

A formação em farmácia costuma ser uma das mais disputadas em vestibulares pelo Brasil. Mas, você sabe o que faz uma pessoa que atua nessa área? Para esclarecer essa dúvida, elaboramos um guia de profissão completo. Veja, a seguir, essa e outras informações sobre o farmacêutico!

farmaceutico

O que faz um farmacêutico?

Trata-se de um profissional que estuda e formula medicamentos, cosméticos e, até mesmo, alimentos industrializados. Em alguns casos, pode atuar na orientação da fabricação desses produtos.

O farmacêutico também trabalha na pesquisa e teste de eficácia de remédios e produtos de higiene pessoal, além de registrar medicamentos e comercializar tais mercadorias.

Como é a formação em Farmácia

A duração média da formação superior na área de Farmácia é de 5 anos, dependendo da universidade eleita pelo estudante. A grade do curso abrange disciplinas das áreas de Biologia, Química e Física, tais como toxicologia, cosmética e tecnologia farmacêutica.

O curso é dividido em dois momentos, sendo o primeiro voltado a aulas teóricas e o segundo à prática, geralmente em laboratório. Para finalizar o curso e obter o diploma como farmacêutico, o estudante deve passar por um estágio obrigatório e realizar um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

A formação em Farmácia é oferecida por universidades públicas e privadas brasileiras, mas é importante verificar se a instituição de ensino é autorizada e reconhecida pelo MEC, para assegurar a obtenção do diploma assim que finalizada a graduação.

Como é o mercado de trabalho para o farmacêutico

O mercado de trabalho para profissionais formados em Farmácia é amplo e está em crescimento no Brasil. Isto se deve ao fato de a população aumentar de forma contínua, além de haver um maior incentivo do governo federal por políticas de assistência farmacêutica.

Mas, onde esses profissionais encontrarão emprego? Existem alguns segmentos específicos. A seguir, saiba quais são eles e os que mais contratam farmacêuticos:

  • Indústrias farmacêuticas e cosméticas: são as que mais contratam em todo o país. Dentro deste segmento é possível atuar em pesquisa e desenvolvimento de produtos, vendas, análise de qualidade, vigilância sanitária, entre outros.

Um dos grandes atrativos de empregos neste segmento é o pacote salarial e de benefícios, que costuma ser alto, além da possibilidade de crescimento profissional na empresa;

  • Hospitais e postos de saúde públicos e privados: segmentos com alta demanda de profissionais para administrar medicamentos, realizar serviços de vigilância sanitária e controlar estoques.

De maneira geral, hospitais privados são os que pagam salários mais atrativos e oferecem oportunidade de crescimento na empresa. Se buscar estabilidade profissional, atuar no segmento público, por meio de concurso, é uma boa opção;

  • Farmácias: neste caso, o profissional atua na gestão e administração do estabelecimento, especificamente como responsável técnico, controlando medicamentos e demais processos envolvendo tais produtos, além de prestar atenção farmacêutica;
  • Farmácia clínica: neste segmento, o farmacêutico trabalha diretamente com médicos e enfermeiros, prestando assessoria em tratamentos, principalmente os realizados em longo prazo, além de acompanhar pacientes, verificando os resultados atingidos;
  • Laboratórios clínicos e de diagnóstico: atuação voltada à análise de material biológico, para diagnóstico de doenças causadas por agentes tóxicos ou infecciosos;
  • Empresas de farmacovigilância: segmento dedicado à análise de medicamentos e cosméticos, verificando se cumprem o que prometem para o consumidor final, além de assegurar a qualidade dos produtos;
  • Indústria alimentícia: o profissional pode atuar no processo de produção dos alimentos, no controle de qualidade e aspectos sanitários, além de analisar a ação de substâncias químicas no corpo, para evitar contaminações.

Quanto ganha um farmacêutico

O salário de um farmacêutico varia de acordo com a região / estado e empresa em que ele trabalha. Mas, de modo geral, a média salarial no Brasil é de cerca de R$ 2.900,00.

Existem dois fatores que influenciam diretamente nos ganhos do profissional. Um deles é o tempo de experiência: farmacêuticos com boa vivência na área tendem a ganhar mais.

Outro fator é a especialização do profissional. Aqueles que possuem mais cursos de capacitação costumam se destacar e ganhar mais. Por isso, o recomendado é nunca parar na graduação e realizar outras formações ou especializações.

O mercado farmacêutico é um dos que mais exigem profissionais especialistas e atualizados, portanto, quem investir nesse tipo de capacitação tem maior chance de conquistar um emprego que pague mais e com benefícios melhores.