Guia de Profissões: Químico. Conheça Profissão, Formação, Salário e Mercado de Trabalho

Os profissionais que se formam em química possuem diversas oportunidades de mercado. Eles podem atuar em indústrias, laboratórios, nas áreas de pesquisa e desenvolvimento e também com a educação. Neste artigo, você  conhecerá mais a respeito dessa profissão, desde as possibilidades de formação acadêmica, até o cenário atual do mercado de trabalho e as áreas mais detalhadas para atuação, além do salário pago a esse profissional.

Conheça essa Profissão

A química é responsável por estudar a matéria, as características e as modificações que ocorrem na natureza. Ou seja, essa área profissional está em todos os lugares, pois tudo é formado a partir de elementos e reações químicas, substâncias, partículas, etc. Por conta disso é que o profissional desse ramo é tão requisitado para atuar nas mais diversas áreas.

mercado de trabalho químico

No cotidiano do químico, ele estuda as propriedades que compõem a matéria, identificando substâncias e compostos, a elasticidade e a toxicidade de cada elemento, além das várias reações produzidas pelas substâncias nos mais diversos contextos.

A criação de projetos industriais e a manutenção de equipamentos fazem parte do dia a dia deste profissional, assim como a realização de pesquisas e de testes de qualidade em produtos dos mais variados.

Formação

O curso de química tem duração média de quatro anos, nos quais são oferecidos o bacharelado e a licenciatura, dependendo da área que a pessoa deseja seguir. Hoje em dia, existem algumas faculdades que ofertam aos estudantes o curso a distância, além dos tecnológicos – uma graduação mais prática, que leva dois anos para a conclusão. Vejamos, separadamente, cada uma delas:

engenheiro químico

  • Bacharelado: o profissional formado em bacharel pode atuar no setor produtivo, com direcionamento para a atividade industrial e de transformação. O estudante é incentivado a criar novas substâncias, a desenvolver melhores processos industriais e, também, a fazer pesquisas em fontes alternativas de energia;
  • Licenciatura: o foco desta é formar professores para o ensino fundamental e médio da Rede Pública e Privada de ensino. Com a realização de uma pós-graduação, o interessado poderá dar aulas também em universidades e faculdades. Essa modalidade de ensino é oferecida a distância, também, tendo o reconhecimento do MEC e duração média de três anos;
  • Tecnólogo: o profissional que cursa essa modalidade é preparado em áreas específicas da química industrial, como biocombustíveis, celulose, petróleo, polímeros e produção sucroalcooleira.

Salário e Mercado de Trabalho

Com tantas áreas para explorar, o mercado de trabalho para o químico é bastante promissor. Setores como de energias renováveis, petróleo e nanotecnologia são alguns dos muitos exemplos que têm recrutado muitos desses profissionais para trabalhar no desenvolvimento de inúmeros projetos.

Uma pessoa com o bacharelado em química poderá atuar em instituições de pesquisa, na indústria e em órgãos públicos. Ainda, é possível trabalhar em empresas que atuam com papel e celulose, tintas, petroquímica, tratamento de água e esgoto, alimentos, entre outros.

mercado de trabalho profissão química

Já o indivíduo que se formar em licenciatura poderá trabalhar em qualquer lugar do território nacional, já que as oportunidades são, basicamente, para escolas de ensino fundamental e médio, que sempre necessitam desse tipo de conhecimento, que consta entre os obrigatórios no ensino brasileiro. Além disso, se a pessoa especializar-se com um mestrado ou doutorado, poderá ingressar em centros de pesquisa e desenvolver estudos e projetos valiosos ao setor.

Os Mais Lucrativos

O salário pago a um químico varia de acordo com a sua área de atuação. Em geral, está entre R$2 mil e R$4 mil,  podendo ultrapassar esse limite. Veja, a seguir, três dos mercados mais lucrativos para quem trabalha como químico, com rendimentos bastante satisfatórios:

  • Petróleo: é desse combustível fóssil que se fazem muitos objetos, além de energia para o funcionamento de muitas coisas. Aqui, o químico poderá atuar em todas as etapas da obtenção do petróleo, desde a extração, até o refino;
  • Indústria: o profissional dessa área atuará como supervisor na análise e no controle de qualidade de produtos, verificando processos químicos e vistorias diversas;
  • Meio ambiente: as mudanças ambientais e a necessidade de se encontrar soluções sustentáveis possibilitam novas oportunidades para o setor químico, em especial na gestão de resíduos, reciclagem e institutos de pesquisa para soluções ao meio ambiente.