Como fazer inscrições FIES e como funciona o programa

O Fies (Fundo de Financiamento  do Ensino Superior) é um programa de sucesso do Ministério da Edução que permite o ingresso no ensino superior em universidades particulares por meio de financiamentos feitos pela Caixa Econômica Federal (Caixa) ou então por rede bancária.

A inscrição Fies deve ser feito pelo sistema informatizado que analisará os dados recebidos e informará os resultados do processo seletivo. O programa do governo federal abre novas vagas duas vezes por ano no primeiro e no segundo semestre.

inscricao-fies

Requisitos

Para ter acesso ao FIES, é preciso que o estudante tenha alguns pré requisitos mínimos para poder se inscrever nesse programa do governo, entre eles:

  • Não ter concluído o curso de ensino superior
  • Ter renda familiar bruta mensal, por pessoa, de no máximo até três salários mínimos
  • Ter participado do ENEM a partir de 2010
  • Ter nota igual ou superior a 450 pontos e redação com nota acima de zero na prova do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Para algumas pessoas não é necessário ter realizado o ENEM a partir de 2010, como é o caso de:

  • Professores da rede pública de ensino, em exercício.
  • Integrantes do quadro de pessoal permanente de instituição pública.
  • Estudantes matriculados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

Como se Inscrever

A inscrição pode ser feita em qualquer época do ano de acordo com a necessidade do estudante, veja abaixo como realizar a sua inscrição no FIES.

  1. É preciso acessar o link: http://fiesselecaoaluno.mec.gov.br/usuario-login, clicar em Primeiro Acesso, preencher as lacunas com o seu CPF, data de nascimento e o código de segurança.

inscricao-fies-1

Após isso, você verá se está apto ou não para se inscrever no FIES, depois, é preciso preencher com um e-mail válido, reconfirmar o e-mail, e-mail alternativo e confirmação do e-mail alternativo, número de celular, senha e confirmação de senha.

Após essa confirmação, é necessário entrar no seu e-mail e validar a inscrição.

Você precisará preencher dados residenciais como CEP, endereço, número, bairro, complemento, UF e município. Será preciso responder um questionário.

  1. É preciso se inscrever no FIES por meio do site do SISFIES com o endereço a seguir: http://sisfies.mec.gov.br/. É preciso efetuar a inscrição em até 5 dias corridos após a divulgação da pré-seleção, com todas as informações sobre o financiamento que será contratado.
  2. Clique em concluir a inscrição SISFIES, será preciso validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento – CPSA, na respectiva instituição de ensino, contando com 10 dias após a conclusão da inscrição. A CPSA é a responsável dentro do local de ensino pela validação das informações prestadas pelo candidato na hora da inscrição.
  3. Com todas as informações validadas, é preciso que o estudante e o fiador compareçam em até 10 dias contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA para a formalização do financiamento. Nessa inscrição será escolhido a instituição bancárias, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica são os atuais Agentes Financeiros do Programa.

Como ser aprovado

A aprovação para novas vagas na educação superior vai depender da renda bruta per capita, condições de vida e financeiras da família do candidato. Pois isso é a segurança que o banco tem para investir no futuro e também no aluno.

Tudo vai depender da renda familiar mensal do avaliador, ou seja, aquele que vai ser a pessoa responsável pelo pagamento das parcelas trimestrais de entorno de R$ 50,00 a R$ 150,00 durante a graduação. Depois, o próprio aluno inscrito é que terá o dever de pagar o curso financiado.

O que é Fies

O Fies é sucessor do então conhecido Crédito Educacional, sendo renomeado como FIES em 1999. Teve a taxa de juros reduzida de 6,5% para 3,4% no ano de 2010, sendo que a carência é de 18 meses após a conclusão do curso para o início da cobrança.

O prazo de pagamento de estende em até 3 vezes ao tempo de curso, por exemplo: se o curso escolhido tem 4 anos de graduação, são 12 anos depois da carência que o estudante tem para quitar o empréstimo.

Há especulações de que o Congresso Nacional está ampliando o prazo de carência para até 36 meses após a conclusão do curso, ou seja, até 3 anos após a finalização.

É confiável?

O programa FIES é confiável, afinal, se trata de um benefício disponibilizado pelo Governo Federal.

Segundo dados divulgados pelos dados, uma pesquisa mostra que entre 2009 e 2014 entre 5,9 milhões de estudantes de instituições particulares, 2,33 são usuários do Financiamento Estudantil.

Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo

O FGEDUC é um fundo garantidor de crédito privado, administrado pelo Banco do Brasil, a partir de 2014, a oferta do curso para o financiamento estudantil ficou condicionada à adesão da entidade mantedora da instituição de ensino, ou seja, não é mais necessário a apresentação de um fiador na hora da contratação do financiamento.

A contribuição será feita por meio do fundo de recolhimento da Comissão de Concessão de Garantia, conhecida como CCG, onde mensalmente o valor correspondente a 6,25% sobre a parcela das operações de financiamento do FGEDUC será debitado para a instituição de ensino, após a confirmação do Termo de Adesão entre as duas partes e após a aprovação correta.

Para ter todas as informações sobre como se inscrever, quem pode, como proceder, acesse o link http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=faq

Como Consultar?

Para realizar a consulta do resultado da seleção do FIES, é preciso acessar o site http://fiesselecao.mec.gov.br/ na data em que estarão disponíveis para visualização os selecionados para o financiamento, por isso, fique sempre atento a data de divulgação dos resultados e a data das inscrições abertas.

Para saber mais sobre a inscrição FIES 2017, é preciso estar atento as chamadas sobre a data, olhar com regularidade o site conforme imagem abaixo e os portais de notícias.

inscricao-fies

Caso haja cancelamentos para as vagas, vão se abrindo as chamadas para os estudantes que estão na lista de espera.

Uma das dúvidas mais comuns é como diferenciar a pré seleção da classificação. É preciso entender que primeiro há a pré-seleção e classificação, sendo que a primeira etapa mostra que você está no funil para ser classificado, diante disso, é preciso apresentar os requisitos mínimos que já citamos acima.

Após a pré seleção, você tem o prazo para finalizar a inscrição no SISFIES, onde será comprovado todos os requisitos em conjunto com a instituição escolhida.

Depois de todas as confirmações, você receberá um e-mail com a confirmação de que está tudo correto com o seu financiamento.