Itaú- É Seguro Investir? Quais as Modalidades de Investimento?

O Itaú é o maior banco privado do Brasil e uma das maiores empresas do mundo com relação ao número de negócios já realizados. A instituição possui mais de 90 anos de história, no ano de 2008 aconteceu a fusão financeira entre o Itaú e o Unibanco formando a maior holding financeira do hemisfério Sul.

O fato que o Banco Itaú tem uma história rica e hoje conta com uma equipe com aproximadamente 90 mil colaboradores, 95 mil acionistas e mais 66 milhões de clientes.

Atualmente, a instituição também se destaca no âmbito de investimentos através da Itaú corretora oferecendo uma cartela ampla de serviços para aqueles que desejam aumentar o seu patrimônio.

Quais as modalidades de investimento do Itaú?

Não se pode negar que o Itaú possui uma grande cartela de opções para quem está começando a investir agora ou para aquelas pessoas que possuem bastante experiência no assunto.

O fato é que todo o investidor precisa ter em mente que as modalidades de investimento do Itaú favorecem todo o tipo de expectativa com relação ao retorno, pois isso, vai depender do risco que a pessoa está disposta a correr.

Qualquer pessoa pode investir, o Itaú disponibiliza de um canal exclusivo nos aplicativos de celular, caixa eletrônicos e internet para que o cliente acompanhe os rendimentos. Além disso, os corretores são qualificados para atender os investidores e indicar a melhor modalidade para o perfil de cada um.

Conheça quais são os principais investimentos do Itaú:

– CDB – Uma modalidade de investimento onde o investidor ” empresta ” o seu dinheiro para o banco trabalhar, em troca, ele paga uma boa rentabilidade mensal.

– Previdência privada – Seguro contratado para assegurar uma aposentadoria no futuro. Essa modalidade atende clientes mais conservadores que buscam um excelente retorno a longo prazo.

– Fundos de investimento – É uma das formas de investimento do Itaú mais rentáveis, pode chegar a 130% do CDI em fundos privados com baixo grau de risco. Nessa modalidade, o investimento é coletivo, onde o investidor compra uma fração do fundo.

Conforme o valor investido, é definida a quantidade de cotas. Mas, é importante lembrar que os valores dessas cotas mudam todos os dias com base no mercado financeiro. Os fundos de investimentos é um das modalidades mais escolhidas pelas pessoas, isso porque não exige alto grau de conhecimento para investir, pois os corretores do banco é que trabalham com seu dinheiro buscando as melhores alternativas.

O Itaú atua com diversos tipos de fundos de investimento, entre eles: Itaú renda fixa simples e o Itaú renda fixa IMA B5.

Além disso, possui corretores sempre atentos para orientar os investidores.

Cada uma dessas modalidades de investimento do Itaú atende perfis diferentes de clientes, por isso, é importante contar com a assessoria de corretores especializados para direcionar o melhor tipo de investimento com base nas suas expectativas.

É seguro investir no Itaú? Vale a pena?

Os carros chefes do Itaú em termos de modalidades de investimento certamente é o CDB e os fundos. No quesito confiabilidade, é seguro investir no Itaú, afinal, se trata de uma grande instituição financeira no Brasil e considerada uma das empresas mais bem sucedidas pela Revista Forbes.

No entanto, é preciso avaliar os rendimentos. De acordo com algumas pesquisas, é fato perceber que o CDB do Itaú vale a pena somente se a aplicação fica por mais de 2 anos, ou seja, você não pode pensar em mexer nesse dinheiro dentro desse período.

Com relação aos ” fundos de investimento”, eles se destacam por serem uma das modalidades de investimento mais conhecida pela maioria das pessoas, perde somente pela famosa ” poupança”.

Nesse caso, o investidor não tem muito o que fazer, apenas acompanhar a rentabilidade, já que o corretor do banco fica responsável em fazer as aplicações em LCI, LCA, tesouro ou CDB, esse é o caso do fundos de renda fixa.

Ou seja, o banco faz a movimentação do seu dinheiro, para isso, você precisa pagar uma taxa mensal, o que não acontece na modalidade de CDB.

O que vai definir se vale ou não a pena investir o seu dinheiro no Itaú é o seu perfil, ou seja, o que você deseja.

É importante escolher a modalidade de investimento no Itaú conforme o seu objetivo, se você precisa de uma reserva para emergências, é melhor optar por uma ” aplicação de liquidez diária”, com rendimento menor.

No entanto, se você possui recursos para se manter e pode deixar o dinheiro aplicado por mais tempo, é possível esquecer a liquidez diária e optar por uma aplicação de “rentabilidade a longo prazo”.

Definir os seus objetivos é a melhor forma de escolher a modalidade de investimento no Itaú ou em qualquer outra instituição. Na dúvida, converse com um corretor.