Minha Casa Minha Vida 2017 – Como ficará o programa no novo ano?

Minha Casa Minha Vida 2017 é um programa do governo federal que possui um objetivo básico: auxiliar pessoas que desejam uma moradia mas que não possuem dinheiro suficiente para fazer um financiamento.

Assim, este programa visa tirar pessoas que estão em situação de risco para alcançarem o sonho da casa própria. Por isso, para todos que já fazem parte deste programa ou que tenham interesse, é importante saber algumas mudanças que ocorreram com o Minha Casa Minha Vida 2017.

MUDANÇAS NAS REGRAS DE FINANCIAMENTO

minha-casa-minha-vida-1

O governo resolveu aplicar novas regras no financiamento de imóveis através do programa Minha Casa Minha Vida 2017, sendo que essas regras já foram válidas também para o ano de 2016.

O que pode ser citado como fundamental é:

  • Ocorreu a criação de uma faixa intermediária de renda – que está entre R$ 1.800,00 a R$ 2.350,00,
  • Aumento dos juros cobrados para famílias que estão recebendo mais de R$ 2.350,00 por mês.

Essas regras valerão para novos contratos.

A vantagem na criação desta faixa de renda é o melhor auxílio para famílias terem acesso ao plano do governo, com juros bem mais baixos, para a compra da casa própria – será de 5% ao ano pelo imóvel.

ESPECIFICAÇÕES SOBRE OS JUROS – MINHA CASA MINHA VIDA 2017

Haverá juros mais altos sendo praticados em 2017 pelo programa Minha Casa Minha Vida, que também foram praticados no ano de 2016.

Na faixa 2 (como é denominado) do programa, os juros vão ser de 6% ao ano para famílias com renda de até R$ 2.700,00.

Já famílias que possuem renda total de até R$ 3.600,00 mensais pagarão 7% de juros.

Na faixa 3 do programa Minha Casa Minha Vida 2017, uma ampliação de juros será esperada. Nesse caso, quem recebe até R$ 6.500 irá pagar 8% de juros anuais.

MINHA CASA MINHA VIDA 2017

Para o próximo ano, espera-se que o governo contrate mais de 600 mil unidades do programa Minha Casa Minha Vida 2017. Ainda, há o comprometimento em zerar o estoque de obras que estão paradas do programa em um prazo de aproximadamente 10 meses.

minha-casa-minha-vida-2

Lembre-se que se é sua vontade fazer parte do programa, basta fazer a inscrição presencialmente em alguma agência da Caixa Econômica Federal – contudo, antes desse passo, uma sugestão é acessar o simulador de financiamento presente no site da Caixa.

Este simulador irá calcular qual é a melhor faixa de financiamento para o seu perfil de investidor, como ficariam os valores das parcelas (a partir de sua renda), o valor de entrada que será necessário dar e o que pode ser financiado para não dar entrada.

Juntamente com as mudanças, o programa Minha Casa Minha Vida 2017 é um excelente negócio, caracterizado pelos juros baixos e prazo de pagamento adequado: tudo para caber no seu orçamento familiar.