Minha Casa Minha Vida – Como Funciona? Quem Pode Participar?

Um programa do governo federal, o Minha Casa Minha Vida vem com o intuito de ajudar pessoas a conquistarem o seu primeiro imóvel, mas com um valor mais baixo e mais opções de financiamento. Além de ser um preço que se adequa com as condições financeiras da família brasileira, os juros também são muito mais baixos.

Se você tem interesse em fazer um financiamento através desse programa, veja nesse post tudo sobre o Minha Casa Minha Vida 2019.

minha casa minha vida 2019

Como funciona o Minha Casa Minha Vida 2019?

Como já falado, o projeto é basicamente fazer com que pessoas que não têm condições financeiras de fazer um investimento tão alto, terem a oportunidade de fazer um financiamento mais acessível. O programa oferece desde de habitações rurais até urbanas.

Tudo começa com as construtoras que fazem uma parceria com a Caixa ou o Banco do Brasil. Elas apresentam um projeto de empreendimento, como por exemplo prédios com determinados números de apartamentos ou casas de tamanhos diferenciados. E é a partir daí, que o banco aprova ou não o projeto apresentado.

A aprovação depende de algumas regras que são pré-requisitas, em que o imóvel precisa estar no limite de valor do programa e deve ter uma documentação completa, para assim a construtora conseguir prosseguir com a obra.

Após esse processo, as empresas responsáveis iniciam a comercialização para os clientes, por meio de propagandas e divulgação. Ao iniciar a execução do projeto das moradias, o banco libera os recursos para construtora, fazendo com que seja garantida a entrega da obra.

Quem pode fazer parte do programa?

O Minha Casa Minha Vida 2019 é voltado, principalmente, para pessoas de baixa renda. Entretanto, existem alguns requisitos que são obrigatórios para se inscrever, veja:

  • Famílias que possuam a rende de até R$6.500,00 por mês;
  • Não ter nenhum imóvel financiado ou ser proprietário de algum;
  • Não ter o nome sujo nos dados do Governo Federal;
  • Não ter cadastro no SIACI ou no CADMUT.

É importante ressaltar que se você possui uma renda familiar muito baixa, não será possível ser beneficiado(a). Pois o financiamento não pode passar de 30% do faturamento da família.

Como se cadastrar no Minha Casa Minha Vida 2019?

Em cada cidade o cadastramento ocorre de forma diferente, portanto procure a prefeitura municipal ou algum órgão responsável. Como as vagas são limitadas e bastante concorridas, procure o quanto antes e esteja em mãos com os seguintes documentos:

  • Documento de identificação (RG e CPF);
  • Comprovante de renda;
  • Imposto de renda;
  • Certidão de nascimento;
  • Extrato do FGTS.

Simulador Minha Casa Minha Vida 2019

A Caixa Econômica disponibiliza no site um processo simulando o programa real. Você pode realizar essa simulação sem compromisso nenhum, veja a seguir como funciona:

  • Acesse o site;
  • Preencha com seus dados pessoas e informações sobre renda;
  • Aguarde o resultado.

minha casa minha vida 2019


Conteúdo que podem te interessar: