Prouni 2019: INSCRIÇÃO, Como Funciona e Requisitos Básicos

O ProUni – Programa Universidade Para Todos -, é um programa desenvolvido pelo Governo Federal com o objetivo de distribuir bolsas de estudo integrais ou parciais para estudantes do ensino superior. Ele foi criado em 2005 pelo então presidente Lula, porém o seu projeto foi desenvolvido durante o mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso.

O programa já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes de diferentes regiões, faixas etárias, rendas diferentes e cursos distintos. Quer ter todas as informações sobre o ProUni 2019? Veja aqui!

Quem Pode Participar do ProUni 2019?

Prouni 2019: INSCRIÇÃO, Como Funciona, Inscrição e Requisitos Básicos

Para conseguir se inscrever no ProUni no primeiro semestre de 2019, o participante tenha feito a prova do Enem 2018, além de ter no mínimo 450 pontos em todas as matérias da prova, além de que a nota na redação deve ser mais que zero.

É necessário efetuar a inscrição do ProUni por meio do número de inscrição do Enem 2018, além da atual senha cadastrada. Os participantes que estão aptos a concorrer as vagas, são:

  • Estudantes do ensino médio da rede pública ou da rede particular que sejam bolsistas;
  • Estudantes com deficiência;
  • Professores da rede pública de ensino com o exercício de magistério em educação básica – nesse caso, não é necessário comprovar a renda.

Será necessário que o candidato confirme a renda familiar bruta mensal, porque:

  • Renda familiar bruta mensal por pessoa de até um salário mínimo e meia: direito à bolsa integral de 100%;
  • Renda familiar bruta mensal por pessoal de até três salários mínimos: renda parcial de 50%.

É importante ficar de olho aos casos em que é possível perder a sua bolsa de ProUni 2019, veja aqui.

Como Fazer a Inscrição do ProUni 2019?

A inscrição é gratuita e deve ser realizada diretamente na página do ProUni. Lá você pode pesquisar quais são as instituições participantes do programa, verificar a nota de corte e já ir sonhando com a tão desejada vaga.

Você vai precisar dos seus dados utilizados no site do Enem, caso não se lembra deles, basta acessar o site do Enem e fazer essa recuperação.

Na hora de fazer a inscrição, o candidato tem a possibilidade de escolher até duas instituições, cursos e turnos dentro das vagas abertas. Aqueles candidatos que tem direito as cotas, devem deixar essa informação clara, dessa maneira, poderão concorrer as bolsas destinadas.

É importante ficar de olho na data final de inscrição, isso porque o que irá valer serão as últimas informações ali registradas.

Resultados ProUni 2019: Datas

É importante ficar de olho nas chamadas existentes, onde o resultado da primeira chamada acontece no dia 14 de fevereiro, já o da segunda chamada, acontece no dia 02 de março.

Os resultados ficam disponíveis na página do ProUni e também nas instituições de ensino que participam do programa.

Lista de Espera: Como Funciona?

Prouni 2019: INSCRIÇÃO, Como Funciona, Inscrição e Requisitos Básicos

O candidato deve ficar de olho na página do ProUni e confirmar interesse na vaga entre 16 até 19 de março de 2019, diretamente na página do ProUni.

As vagas remanescentes do ProUni são únicas para cada curso e turno designado. O candidato pode participar da lista de espera se:

  • Não estiver pré selecionado na chamada regular;
  • Quando pré selecionado na segunda opção de curso, porém não acontecer a formação de turma.

Já para a lista de espera para a segunda opção de curso, é necessário:

  • Não estar pré selecionado nas chamadas regulares,
  • A possibilidade não existir a formação de turma na primeira opção;
  • Quando não é selecionado nas chamadas regulares pela falta de disponibilidade na primeira opção.

Essa relação de candidatos na lista de espera estará disponível para consulta das instituições a partir do dia 20 de março de 2019.

Os mesmos candidatos vão precisar comparecer nas instituições designadas entre 21 e 22 de março para apresentar a documentação determinada.

Nota de Corte: Fique de Olho!

Caso tenha se inscrito em um dos cursos ofertados pelo ProUni e queira saber se você possui chances de ingressar na universidade escolhida com a nota designada, é importante ficar de olho nas notas de corte.

Todos os dias durante o período das inscrições, exatamente à meia-noite, acontece a divulgação dessas notas de corte. Por meio delas, você pode saber se possui chances de entrar no curso desejado, ou em alguns casos, se não há essa chance.

Quanto mais alta a sua nota, maiores são as chances de você conseguir ficar dentro da nota de corte do curso desejado, caso contrário, é necessário analisar quais são os cursos de interesse que podem te aceitar com uma nota baixa.

Resultados e Classificação ProUni 2019

Prouni 2019: INSCRIÇÃO, Como Funciona, Inscrição e Requisitos Básicos

No final dos dias de inscrição, o ProUni irá classificar os estudantes segundo as notas que foram obtidas pelo Enem de 2018.

Os estudantes terão acesso a apenas uma opção de curso, ofertada de acordo com a ordem que foi escolhida no momento de inscrição e de acordo com o limite das bolsas disponibilizadas.

Os estudantes tem até o dia determinado pelo cronograma ProUni 2019 para preencher os documentos e informações necessárias na instituição escolhida. Caso contrário, será necessário entrar na lista de segunda chamada do ProUni, que funciona da mesma maneira.

Documentos Obrigatórios

No momento de realizar a sua inscrição do ProUni 2019, será necessário ter alguns documentos em mãos, que são:

  • Identidade de todos os membros da família;
  • Carteira de trabalho e Previdência Social de todos os membros da família;
  • Comprovante de residência (conta de luz, água, energia elétrica ou telefone);
  • Três últimos contracheques, nos casos de membros com renda fixa;
  • Declaração de Imposto de Renda, com o recibo de entrega para à Receita Federal, além da notificação de restituição, caso necessário;
  • Comprovantes dos períodos letivos do ensino médio cursado em escola pública, se for o caso;
  • Comprovantes da bolsa de estudo integral do ensino médio quando cursado em instituições particulares, emitido pela instituição, se for o caso.