PT: História, Principais Nomes e Posicionamento Político/Ideológico

O Partido dos Trabalhadores (PT), ficou no governo brasileiro por 13 anos, sendo dois mandados do ex-presidente Lula, seguido de Dilma Rousseff, que sofreu impeachment, em 2016. O partido tem quase 4 décadas de existência e muita história de luta e determinação por parte dos envolvidos. Conheça:

História do PT

PT: História, Principais Nomes e Posicionamento Político/Ideologias

O partido foi oficializado em 10 de fevereiro de 1980, no entanto, sua luta começou em 1964, ainda durante a ditadura militar. O intuito do PT era promover as mudanças na vida dos trabalhadores do campo e da cidade, sendo composto por militantes de esquerda. Gilson Menezes foi o primeiro prefeito petista, eleito em 82, em Diadema, na Grande São Paulo.

O papel do partido do movimento das Diretas Já foi representado por Lula, junto a outros nomes com grande participação na história política brasileira, como Tancredo Neves. Luiz Inácio Lula da Silva foi um dos grandes representantes da época, mostrando-se forte candidato à presidência pelo partido. Em 89, o candidato conseguiu ir a segundo turno, mas perdeu as eleições para Fernando Collor (PRN, atual PTC). No ano seguinte, o partido elegeu 35 deputados e 1 senador, Eduardo Suplicy, que manteve sua posição por 24 anos consecutivos.

As lutas do partido continuaram durante os anos seguintes, sendo que nas eleições de 2002 conseguiu eleger o seu primeiro presidente: após 3 eleições perdidas, Lula venceu, sendo reeleito em 2006. Durante seu governo, defendeu o crescimento econômico do país, buscando realizar um crescimento sustentável e gerar a inclusão social. Os maiores marcos dos seus 8 anos de governo estão relacionados às políticas de distribuição de renda, visando diminuir a pobreza com benefícios sociais, como o Bolsa Família.

Nas eleições de 2010, o PT conseguiu permanecer no poder e ainda eleger a primeira presidente mulher da história do Brasil: Dilma Rousseff. Durante seu mandado, a presidente superou o neoliberalismo no país e aprofundou mais ainda o que o Lula já havia feito.

Foi reeleita em 2015, mesmo ano em que o senador Delcídio do Amaral foi preso, acusado por atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato, por esquemas de corrupção. Em 31 de agosto de 2016, Dilma sofre impeachment, passando o governo para o seu vice, Michel Temer (PMDB, atual MDB).

Ainda em 2016, PT e PMDB foram investigados na Operação Lava Jato, em que provou-se que os partidos receberam propinas com as sobras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Em 2017, o ex-deputado federal Cândido Vaccarezza foi preso. No dia 7 de abril de 2018, o ex-presidente Lula foi preso, acusado de corrupção e lavagem de dinheiro. Mesmo com seus direitos políticos caçados, Lula continua sendo um dos candidatos preferidos pela população, tendo suas ideologias criadas com base na teoria marxista, mas levando em consideração as ideologias espontâneas dos sindicalistas.

Entenda sua ideologia partidária

É um partido de esquerda que defende o socialismo como a melhor forma de organização social. Porém, o PT não acredita no socialismo praticado em vários países, tanto que não é considerado um partido marxista, mas possuindo um bom relacionamento com esses países.

Como base, suas ações são de redistribuição de renda, ofertando maiores benefícios aos mais necessitados. Como prova, durante os 13 anos de governo, milhões foram distribuídos para programas como o Bolsa Família. No entanto, durante seus mandatos, principalmente no segundo, Lula mostrou-se mais conservador em suas ações governamentais.

Principais nomes do partido

PT: História, Principais Nomes e Posicionamento Político/Ideologias

O nome mais conhecido e marcante da história é Luiz Inácio Lula da Silva, que lutou com os sindicalistas, desde a ditadura militar, até chegar ao governo. Dilma Rousseff também fez a mesma caminhada que seu companheiro Lula.

Marina Silva começou sua carreira política pelo PT, sendo a senadora mais jovem eleita (com 34 anos, em 1994). No mesmo ano, elegeu a primeira senadora negra, Benedita da Silva. Há, ainda, outros nomes, como Marta e Eduardo Suplicy, Luciana e Tarso Genro, Delcídio do Amaral, José Dirceu, Fernando Haddad, Gleisi Hoffmann, Anthony Garotinho, Antonio Palocci e muitos outros.

Como filiar-se ao PT

Se você concorda com a ideologia do PT e quer fazer parte dessa luta, filie-se. Para isso, acesse o site oficial do partido e clique em “filie-se”. O processo é feito totalmente on-line, sendo que para dar continuidade, clique novamente em “Filie-se” e preenche seus dados.