Socialismo – Tipos, O que é e Como funciona. Quais os países socialistas?

Você já ouviu falar no socialismo? Esse compreende a um sistema político e econômico, que também pode ser considerado como uma linha de pensamento – sendo que acaba confrontando sistemas como o liberalismo e o capitalismo.

Mas, o que é o socialismo? A proposta socialista requer a tomada de poder por meio do proletariado, extinguindo a propriedade privada dos meios de produção. Além disso, o sistema socialista propõe e busca a divisão igualitária de renda.

Apesar de muitas ideias da corrente dos pensadores socialistas terem surgido por volta do século XIX, foram somente colocadas em vigor em meados do século XX.

A história da corrente ideológica engloba inúmeros pensadores que lutaram e defenderam a causa que tanto acreditavam.

Socialismo X História

Socialismo - Tipos, O que é e Como funciona. Quais os países socialistas?

O primeiro país a implantar o socialismo foi a Rússia, a partir de 1917-um período bastante conturbado para a região, pois foi na época da Revolução Russa. Porém, foi nesse momento histórico social que o socialismo começou a ser introduzido nos países do leste europeu, resultando em uma progressão dessa forma de governar, em que mais países foram aderindo ao socialismo.

Os principais teóricos que discutiram profundamente as questões socialistas, e fazem parte do chamado socialismo científico, foram os pensadores Karl Marx e Friedrich Engels.

Marx, famosos por acreditar e lutar pela igualdade social, e Engels, um teórico revolucionário, colaborador de Marx foram os responsável difusão pela teoria comunista.

Porém, os precursores dessa corrente de pensamento foram Saint-Simon (1760-1825), Charles Fourier (1772-1837), Louis Blanc (1811-1882) e Robert Owen (1771-1858), sendo reconhecidos como os criadores do socialismo utópico.

Karl Marx

Não se pode negar a importância e o destaque de Karl Marx, devido às suas ideias socialistas que defendiam rigorosamente a luta de classes.

Marx baseava a sua questão teórica em uma crítica radical contra as teorias capitalista. Ele defendia a ideia de que o trabalho é o ponto central da vida humana e como tal deve ser respeitado e bem remunerado.

A proposta Marxista visava aprofundar a investigação do desenvolvimento histórico da produção e a reprodução social.

Com a queda dessa forma de governo, em 1991, na União Soviética, o sistema socialista perdeu força.Nos dias atuais, somente países como a China, o Vietnã, a Coréia do Norte e Cuba ainda persistem nessa forma governamental.

Características do socialismo

As principais características do regime socialista são:

  1. Socialização dos meios de produção, sendo que esse passa a pertencer à sociedade, porém são controlados pelo estado;
  2. Não divisões de classe,existência somente da classe trabalhadora. O socialismo propõe o trabalho em conjunto;
  3. Economia planificada, que corresponde ao controle dos setores econômicos.

O socialismo pode ser dividido em:

  1. Socialismo utópico:

Esse teve seu surgimento na revolução industrial, visando as reformulações sociais que objetivavam a igualdade de classes. Um dos principais teóricos dessa fase utópica, era o francês Claude de Saint Simon.

Socialismo científico

A visão científica do socialismo tinha a proposta de compreender a realidade e de transformá-la. Entre os estudiosos que mais se destacaram nessa corrente socialista estão Karl Marx e Friedrich Engels. Dois grandes pensadores que até os dias de hoje são reverenciados.

Anarquismo

O anarquismo pregava a suspensão de toda e qualquer forma governamental, defendendo a liberdade, além de uma sociedade sem classes e sem exploração. Entre os teóricos que mais se destacaram está o filosofo francês Pierre-Joseph Proudhon.

Socialismo Cristão

Essa foi uma tentativa de aplicar os ensinamentos de Cristo diante dos problemas sociais gerados pela industrialização.

Apesar de defender ideias e propostas para o bem-estar dos trabalhadores, o socialismo foi muito criticado.

Entre os teóricos e pensadores que destacaram-se como críticos do socialismo estão:

  1. John Stuart Mill;
  2. Alexis de Tocqueville;
  3. Bernard-Henri Lévy;
  4. Karl Popper;
  5. Joseph Schumpeter;
  6. Carl Menger;
  7. Ludwig von Mises;
  8. Max Weber;
  9. Michael Voslensky;
  10. Friedrich Hayek;
  11. Eugen von Böhm-Bawerk;
  12. Milovan Djilas;
  13. Milton Friedman;
  14. Eric Voegelin;
  15. Murray Rothbard;
  16. Václav Havel;
  17. Pitirim Sorokin.

A maior parte das críticas que abrange o sistema socialista está atrelada à distorção no sistema de preços.

O socialismo continua sendo uma questão muito discutida e estudada em muitos lugares do mundo. Uma teoria que se propagou através do tempo e que conquistou adeptos importantes na história mundial.